segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

JOVEM É ASSASSINADO COM 2 TIROS DE PISTOLA NA OCUPAÇÃO ANA JÚLIA

Na noite de domingo (28), por volta das 22h, aconteceu um homicídio na ocupação Ana Júlia, área do bairro Novo Estrela, periferia da cidade de Castanhal, região nordeste do Estado. A vítima foi executada a tiros de pistola calibre 380.

Tiago Souza da Costa, de 20 anos, foi morto bem próximo da casa onde morava, situada na rua Ana Júlia. Ele foi alvejado por 2 tiros, sendo 1 nas costelas e 1 na cabeça. O assassino ainda não identificado fugiu em uma motocicleta de cor preta, possivelmente uma Pop 100.

Segundo as primeiras informações levantadas pela polícia, Tiago Souza da Costa, de 22 anos, teve sua motocicleta roubada e, ontem, sozinho teria tentado recuperar o veículo. Um dos ladrões teria descoberto a atitude de Tiago Souza e o matou com 2 tiros de pistola calibre 380. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Castanhal.

Reportagem: Tiago Silva

ASSALTANTE MATA ADOLESCENTE COM TIRO NO PESCOÇO

Na tarde de domingo, por volta das 16h, uma adolescente de 16 anos foi covardemente assassinada, durante uma tentativa de assalto ocorrido na vila de Goiabal, entre os municípios de Castanhal e Santa Maria do Pará, região nordeste do Estado.

Segundo informações repassadas pelo sargento Lira, da PM, quatro homens armados com pistolas, possivelmente do calibre 380, fizeram de refém a adolescente e exigiram que o avô dela abrisse um portão que dá acesso ao interior da residência. O dono da casa, bastante nervoso, disse que não lembrava onde havia guardado a chave do portão. Nesse momento, um dos bandidos atirou no pescoço da refém. Em seguida, os quatro criminosos fugiram do local em um carro que, segundo a mãe da vítima, seria um Crossfox, cor prata.

Em uma atitude desesperada de
tentar salvar a vida da filha, os pais colocaram a garota dentro de um carro particular e a levaram para o Hospital Municipal de Santa Maria do Pará, mas ela já estava sem vida. O corpo ficou por alguns minutos no necrotério do hospital até ser removido para o IML de Castanhal. Policiais militares de Santa Maria do Pará foram acionados para atender a ocorrência, mas pouco eles puderam fazer, a não ser informar, via rádio, o policiamento da vila de Castelo Branco, para tentar interceptar a fuga dos suspeitos. Até o momento ninguém foi preso.

O caso ficou de ser registrado na Delegacia de Polícia Civil do centro de Castanhal, no plantão da delegada Nilde Rosa. A polícia suspeita que o carro Crossfox seja o mesmo usado por bandidos que, na semana passada, assaltaram uma empresa de gás de cozinha, no município de São Miguel do Guamá.

Reportagem: Tiago Silva

ADOLESCENTE INFRATOR INVADE CASA E FAZ REFÉM

Moradores da passagem Têxtil, no bairro Ianetama, periferia de Castanhal, nordeste do Estado, viveram momentos de tensão, depois que, no início da manhã de ontem, um adolescente de 17 anos de idade fez um rapaz refém dentro de uma casa.

Uma guarnição da Polícia Militar realizava ronda pelo bairro Ianetama quando avistou um suspeito em via pública. Ao perceber a aproximação da viatura, o suspeito correu e pulou o quintal de uma residência. Logo a casa foi cercada por outras viaturas. Se sentindo acuado, o suspeito pegou um morador e se trancou com ele dentro do banheiro. O infrator estava bastante agitado. Ele exigiu a presença da mãe dele ou da tia. O pedido foi atendido. Depois ele solicitou um colete balístico.

A negociação durou pouco mais de 2 horas. O adolescente liberou o refém e se entregou. Ele foi colocado dentro da viatura e conduzido à delegacia do centro. O acusado, que já havia sido apreendido outras vezes por diversos tipos de atos infracionais, portava um revólver calibre 32 com 4 munições intactas.

A delegada Nilde Rosa informou que pedirá, junto ao Ministério Público, a internação do acusado em um abrigo socioeducativo para menores infratores.

Reportagem: Tiago Silva

sábado, 27 de fevereiro de 2016

GRAVE ACIDENTE MATA 2 PESSOAS EM CURUÇÁ

Um grave acidente automobilístico que aconteceu na manhã de sábado (27), próximo ao município de Curuçá, nordeste do Estado, deixou 2 pessoas mortas e outras três com leves ferimentos. Os mortos foram identificados como Pedro Esteves Farias Borges, de 20 anos, e outro de apelido “Neguinho”, de idade não revelada. Os sobreviventes foram identificados como Vanessa do Socorro Santos, 27, e Carlos Beckman da Silva, de 47 anos de idade. Outro sobrevivente fugiu sem ser identificado. Todos os
envolvidos são moradores de Outeiro.


Carlos Beckman da Silva disse ao delegado Gabriel Oliveira, da Polícia Civil, que é esposo de Vanessa do Socorro Santos e que é dono de um pequeno comércio, localizado no bairro da Brasília, em Outeiro. Em depoimento prestado a autoridade policial, Carlos Backman disse ainda que, por volta das 7 horas da manhã de sábado, saiu de seu comércio para realizar uma
compra. Em Icuaraci, ele disse que alugou um carro modelo Siena, cor prata, pelo valor de 600 reais, e depois seguiu viagem para o município de Curuçá. Já na altura do km 58, da rodovia PA-136, o motorista perdeu o controle do volante e bateu em um poste de iluminação pública.

A batida foi tão violenta que o poste partiu ao meio e caiu em cima do carro, que ainda despencou em um barranco e ficou com as rodas para
cima. O veículo ficou totalmente destruído. O motorista Pedro Esteves Farias Borges, de 20 anos, e seu acompanhante, identificado apenas pelo apelido de “Neguinho”, de idade não revelada, morreram. O comerciante Carlos Beckman da Silva, a esposa dele, Vanessa do Socorro Santos, e outro passageiro ainda não identificado, que estavam no banco de trás, foram socorridos por uma equipe de resgate do Samu e transportados para a Unidade Mista de Saúde do Município de Curuçá, de onde o passageiro não identificado conseguiu fugir.

Carlos e Vaneza, após receberem atendimento médico, foram conduzidos por uma guarnição da Polícia Militar à Delegacia de Polícia Civil de Curuçá, para prestarem esclarecimentos sobre o acidente. Ao contrário do esposo, Vanessa disse ao delegado Gabriel Oliveira que todos estavam viajando para participar de um aniversário de um conhecido, o qual ela não soube dizer o nome. Ela disse ainda que as vítimas fatais eram fregueses de Carlos e que sempre iam ao comércio, em Outeiro. Enquanto ao que fugiu do hospital, Vanessa disse não conhecer e nem saber nome ou ao menos apelido do suspeito.

Logo após o acidente, antes de a Polícia Militar chegar ao local, curiosos afirmaram terem visto armas de fogo dentro do veículo. O casal negou a existência de armas de fogo dentro do carro. Carlos e Vaneza entraram em contradição em seus depoimentos. Ele disse que iam realizar compras e ela disse que iam participar de um aniversário. Após assinar os documentos de apresentação, na delegacia, o casal foi liberado.

Os corpos das duas vítimas fatais foram removidos para o IML de Castanhal. O delegado Gabriel Oliveira, responsável pela investigação do caso, tenta descobrir a identidade do acidentado que conseguiu fugir o hospital. Ele seria um foragido de justiça.

Reportagem: Tiago Silva

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

CORPO É ENCONTRADO DENTRO DE CARRO ESTACIONADO PRÓXIMO DE DELEGACIA

No início da tarde de sexta-feira (26), um corpo em estado de putrefação foi encontrado dentro do porta-malas de um carro, que estava estacionado em frente de um prédio em construção, localizado bem ao lado da delegacia de polícia do centro de Castanhal. A vítima foi identificada como João Guimarães Pinheiro, de 43 anos de idade. Ele era pesquisador da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (FAEPA).

Na delegacia, uma irmã da vítima disse que João Guimarães estava desaparecido desde a última segunda-feira quando saiu da casa dele, em Belém, dizendo que viria a Castanhal comprar um carro. Para poder realizar a viagem, João Guimarães Pinheiro alugou um carro modelo Voyage, cor vermelha, e depois disso não foi mais visto com vida. Ainda segundo a irmã, a vítima saiu de casa com uma alta quantia em dinheiro, que seria 20 mil reais. Do cartão bancário da vítima ainda teria sido sacado mais 8 mil reais.

O carro alugado foi abandonado na terça-feira (23), próximo da delegacia de polícia do centro de Castanhal. Somente no início da tarde de sexta-feira (26) que o veículo foi averiguado por policiais civis, que desconfiaram de um forte fedor, que saia de dentro do carro. Para a surpresa de todos, dentro do porta-malas, foi encontrado o corpo, que depois foi removido para o IML. Peritos não souberam informar se no cadáver havia marcas provocadas por tiros ou facadas. Só um laudo do
IML para confirmar as causas da morte.

A Polícia Civil não descarta a possibilidade de que João Guimarães Pinheiro tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) e que o assassino ou assassinos tenham colocado o corpo dentro do porta-malas e depois abandonado o veículo. O delgado Rayrton Carneiro informou que irá solicitar imagens de câmeras de circuito de algumas lojas, para tentar desvendar o crime.

Em nota, a Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (FAEPA), disse que o ato de barbárie imergiu diretores, familiares, amigos e colegas de profissão em um sentimento de profunda perda, indignação e dor. A FAEPA informou ainda que acompanha o caso de perto. A Polícia Civil já possui nome de um suspeito, mas prefere não divulgar ainda, para não atrapalhar nas investigações.

Reportagem: Tiago Silva

DETENTOS TENTAM FUGIR DO CENTRO DE RECUPERAÇÃO

Os detentos do Centro de Recuperação Regional de Castanhal (CRRCA) tentaram fugir na tarde desta sexta-feira (26), depois da tranca das celas. A informação foi confirmada pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe).

A fuga foi frustrada e controlada com a ajuda da Polícia Militar que precisou efetuar disparos de balas de borracha para conter os detentos. Não há presos feridos. De acordo com a Susipe, 12 detentos que estavam envolvidos na tentativa de fuga serão transferidos para unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém. A segurança na unidade prisional foi reforçada.

Reportagem: Tiago Silva

PRESO HOMEM ACUSADO DE MATAR AMIGO DE TRABALHO A TIROS


Antônio Edinaldo de Souza Coimbra foi preso pela equipe da Seccional em conjunto com a PM em cumprimento a mandado de prisão expedido pela comarca de São Miguel do Guamá por crime de Homicídio Qualificado ocorrido no dia 22/01/2016, do qual consta como vítima Jefferson Silva de Oliveira, 21 anos. Edinaldo confessou o cometimento do crime e afirma ter disparado por duas vezes contra a vítima em razão de um desentendimento no ambiente de trabalho. O crime aconteceu em uma cerâmica no município de São Miguel do Guamá .

Reportagem: Tiago Silva (com informações de Manoel Silva)

PRESO, EM MARACANÃ, ACUSADO DE COMETER HOMICÍDIO EM IGARAPÉ-AÇU

Foi preso, no município de Maracanã, Denis Furtado Monteiro, vulgo "magro", acusado de ter cometido um crime de homicídio no município de Igarapé-Açu, ano passado. Para o crime, o acusado teria tido a ajuda de um comparsa identificado apenas pelo apelido de "monstro", que está foragido.

No momento em que foi preso, por uma guarnição da Polícia Militar de Maracanã, Denis Furtado Monteiro, o "magro", foi flagrado em poder de vários aparelhos celulares sem notas fiscais. Com ele também foram apreendidas diversos tipos de ferramentas usadas para adulterar chassis de motocicletas.

Denis, o "magro" vai responder na cadeia por crime de homicídio e, se comprovado que os aparelhos celulares são produtos de roubo, ele também responderá pelo crime de receptação culposa.

Reportagem: Tiago Silva

DUPLA É PRESA ACUSADA DE ROUBAR APARELHOS CELULARES DE ESTUDANTES

Alessandro Sousa Almeida e Steven Seagal Andrei, ambos com 18 anos, foram presos acusados de roubo. Eles, por volta das 7h de ontem, roubaram vários aparelhos celulares de alunos de uma escola particular, situada na avenida Altamira, bairro Nova Olinda. Os acusados usaram uma arma de fogo para intimidar as vítimas, segundo a polícia.

Poucos minutos depois, a dupla foi presa por uma equipe da Polícia Militar, que realizava ronda naquela área. Os aparelhos celulares foram recuperados e devolvidos para as vítimas. Os acusados, Alessandro Sousa Almeida e Steven Seagal Andrei foram conduzidos à delegacia do centro de Castanhal, onde foram autuados em flagrante por crime de roubo.

OUTRO CASO

Também foi preso acusado de roubar uma motocicleta, no bairro Jaderlândia, Raimundo Fernandes de Oliveira Junior, de 20 anos. O comparsa de Raimundo Fernandes conseguiu fugir do cerco policial. Raimundo Fernandes de Oliveira Junior foi conduzido à 12ª Seccional do bairro Jaderlândia, onde foi autuado em flagrante por crime de roubo. A motocicleta foi recuperada e devolvida ao dono.

BICICLETA

Ainda no bairro Jaderlândia, a guarnição do subtenente Junior, formada ainda pelos cabos Tadson e Dioney, da Polícia Militar, prendeu Gabriel Santos da Silva, 20, e Railson Piedade de Melo, de 19 anos, acusados de terem roubado uma bicicleta. Eles fingiram estar   
armados, para intimidar a vítima. A bicicleta foi recuperado e entregue ao dono. 

Reportagem: Tiago Silva

PRESO ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Foi preso, na tarde de ontem, Reginaldo Natalino Neves da Costa, de 51 anos, acusado de abusar sexualmente de crianças e adolescentes do sexo masculino. As três vítimas têm entre 11 a 14 anos de idade. A prisão de Reginaldo aconteceu em frente a uma agência bancária, situada na rua Senador Antônio Lemos, centro comercial da cidade de Castanhal, nordeste paraense.

O delegado Temmer Kayatte, da Polícia Civil de Castanhal, disse que a prisão do acusado aconteceu depois que sua equipe de investigadores recebeu uma denúncia anônima dando conta que um vendedor de lanches, em frente ao Banpará, estava com fotos e vídeos pornográficos de crianças e adolescentes armazenados na memória de um aparelho celular. “Fizemos uma verificação no aparelho celular do acusado e constatamos que realmente ele tinha as imagens, inclusive são imagens fortes e chocantes. Demos voz de prisão ao Reginaldo e o conduzimos à delegacia, para ser autuado em flagrante”, disse Temmer Kayatte.

O policial civil disse ainda que os vídeos e as fotos serão gravados em um CD, que será levado ao poder judiciário, com o intuito de comprovar que o preso realmente praticava os crimes. “De acordo com o artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Eca) é crime filmar e manter em arquivo cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes”, acrescenta o delegado.

Reginaldo Natalino Neves da Costa não quis falar com a imprensa. Há 20 anos ele foi preso pela pratica de estupro de vulnerável. Reginaldo foi encaminhado para o Centro de Recuperação de Castanhal (CRCAST), onde permanecerá até outra decisão da justiça.

Reportagem: Tiago Silva

BANDO INVADE HOSPITAL E ROUBA ARMAS DE FOGO E CARRO

Armas de fogo, munições, fardas, coletes balísticos e até mesmo aparelhos para medir pressão e medicamentos. Todo esse material agora está nas mãos de quem não devia estar: criminosos. No início da madrugada de ontem, seis homens armados invadiram um hospital do município de São Caetano de Odivelas, nordeste do Estado, e renderam três vigilantes de uma empresa de segurança privada.

Os bandidos chegaram em um carro com a placa clonada. Em seguida saíram do veículo com armas de fogo em punho e, facilmente, conseguiram render os funcionários do hospital, inclusive os próprios vigilantes, que faziam a segurança do prédio. Dos vigilantes, além de 3 revólveres calibre 38 municiados, foram roubados ainda 3 coletes balísticos e fardas. Os bandidos ainda conseguiram roubar um carro modelo Cobalt, cor preta, de um dos médicos do hospital.

A Polícia Militar informou que o carro roubado do médico foi encontrado abandonado em um dos ramais da localidade de São João da Ponta, entre os municípios de Castanhal e Terra Alta, ainda na região nordeste do Estado. Até o fechamento dessa edição, os assaltantes não haviam sido presos. O caso ficou de ser registrado na Delegacia de Polícia Civil de São Caetano de Odvelas.

Reportagem: Tiago Silva

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

CICLISTA MORRE VÍTIMA DE ATROPELAMENTO NA BR-316

Uma ciclista morreu após ser atropelada por um carro, em Castanhal, cidade do nordeste paraense. O acidente aconteceu no início da noite de anteontem, na rodovia BR-316, em frente a um conhecido supermercado, situado no bairro do Milagre. Testemunhas contaram ao delegado João Inácio, da Polícia Civil, que Lídia Ferreira Monteiro, de 52 anos, conduzia uma bicicleta quando foi atropelada.

“Segundo testemunhas, a dona Lídia tentou atravessar a pista e acabou sendo atingida em cheio por um carro particular. Outra ciclista por pouco também não foi atingida”, disse o delegado. A pancada foi tão violenta que provocou várias fraturas na vítima. Homens do Corpo de Bombeiros e do Samu foram acionados, mas Lídia Ferreira Monteiro não apresentava mais sinais de vida. O corpo dela foi removido por peritos para o Instituto Médico Legal (IML). O local é considerado um trecho perigoso. Vários outros acidentes com vítimas fatais já aconteceram por lá.

O motorista do carro, que não teve o nome revelado pela polícia, se apresentou espontaneamente na delegacia do centro de Castanhal, onde prestou esclarecimentos e depois foi liberado. O delegado João Inácio acredita que o motorista não teve culpa e que o acidente foi uma fatalidade. “Os documentos pessoais do motorista e do veículo estavam em dias. Ele também não estava alcoolizado”, acrescentou o policial civil.

Reportagem: Tiago Silva

SALINÓPOLIS: TRÊS SÃO PRESOS ACUSADOS DE TRÁFICO DE DROGAS

Três adultos foram presos e um adolescente foi apreendido, acusados de traficar drogas no município de Salinópolis, nordeste paraense. Um dos acusados é Felipe Felix dos Santos, de 32 anos, flagrado com 7 pacotinhos de pasta base de cocaína e mais 3 trouxinhas de maconha. A prisão de Felipe aconteceu no bairro João Paulo II e foi efetuada por uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo cabo Ornildo, formada ainda pelos soldados Décio, Edmundo e Helton, todos do Grupamento Tático Operacional (GTO) de Salinópolis. Felipe Felix dos Santos negou ser dono dos entorpecentes.

Também no bairro João Paulo II, a mesma guarnição policial prendeu João Guilherme Santa Brígida Farias, de 28 anos. Na casa dele, situada na rua Castelo Branco, após uma denúncia anônima, o cabo Ornildo afirma ter encontrado 3 porções de 6/25 gramas de pasta base de cocaína e mais 3 pacotinhos” da mesma substância, prontos para a venda. João Guilherme Santa Brígida preferiu não falar com a imprensa sobre as acusações. Outro suspeito de envolvimento com o comércio ilícito de entorpecentes foi identificado como Francisco das Chagas de Freitas Coutinho, de 25 anos, com o qual teriam sido encontradas 20 pequenas porções de pasta base de cocaína.

Os soldados M. Filho, Raycelison e Silva disseram ao Diário que receberam uma denúncia dando conta que pessoas estariam vendendo entorpecentes na ponte do Carananzinho. Os policiais militares se dirigiram para o local com o objetivo de averiguar a denúncia. Percebendo a aproximação da viatura, pelo menos quatro suspeitos correram, sendo que dois deles foram detidos. Um dos detidos foi identificado como Francisco das Chagas de Freitas Coutinho. Com ele, durante revista pessoal, os policiais militares teriam encontrado as 20 pequenas porções de pasta base de cocaína. Outro suspeito trata-se de um adolescente de 16 anos. O adulto se defendeu dizendo que o entorpecente seria do menor.

Em todos os casos, os presos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram apresentados ao delegado Vicente Leite Barbosa, que os autuou por crimes de tráfico de drogas. Felipe dos Santos, João Guilherme e Francisco das Chagas ficaram de ser encaminhados para o presídio de Salinópolis, para ficarem à disposição da justiça. Enquanto ao adolescente, ele foi ouvido como testemunha e logo em seguida liberado.

Reportagem: Tiago Silva

FALSO PASTOR EVANGÉLICO É PRESO ACUSADO DE ESTELIONATO

Foi preso, na tarde de ontem, no município de Santo Antônio do Tauá, nordeste paraense, Mauro Luiz Maciel da Costa, de 64 anos, acusado de se passar por pastor evangélico para poder ministrar, de forma irregular, o curso de capelão em igrejas do Pará. Segundo as investigações policiais, o acusado arrecadava R$ 120,00 de cada vítima e as deixava no prejuízo. Mauro Luiz ainda teria aplicado o mesmo golpe no Estado do Maranhão.

Vítimas de igrejas da cidade de Castanhal, após registrarem um boletim de ocorrência, descobriram que o falso pastor havia viajado para o município de Santo Antônio do Tauá, e que já se preparava para formar outra turma e, possivelmente, aplicar mais um golpe. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e deteve o denunciado dentro da igreja Assembleia de Deus, situada na avenida Senador Lemos, bairro Centro de Santo Antônio do Tauá. Ele foi conduzido à delegacia de Polícia Civil. Em depoimento ao delegado João Batista Amorim, Mauro Luiz Maciel da Costa teria negado as acusações. Mas, com ele, os cabos Nascimento, Garcia e os soldados Falcão e Ricardo, todos da Polícia Militar, afirmam terem encontrado diversos tipos de documentos, que poderiam comprovar o crime de estelionato.

Em poder do suspeito teriam sido apreendidas credenciais funcionais de capelão, talão de recibo comercial, fichas de inscrições para o curso de capelão, além de certificados de conclusão, recibos, carimbos, provas e gabaritos. Todos os documentos apreendidos também foram apresentados na delegacia para averiguação. Segundo o cabo PM Nascimento, todos os documentos eram falsos. "O detido não possui permissão para ministrar curso e nem a autorização para usar nomes de empresas", disse.

O delegado João Batista Amorim informou que o acusado foi autuado em flagrante por crimes de estelionato e falsificação de documentos. Mauro Luiz Maciel da Costa teria sido reconhecido por várias vítimas. Até a noite de ontem, ele permanecia custodiado na carceragem da delegacia de Santo Antônio do Tauá, aguardando vaga para ser transferido para um presídio da Região
Metropolitana de Belém, onde permanecerá até outra decisão do Poder Judiciário.

Reportagem: Tiago Silva

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

HOMEM É EXECUTADO A TIROS NO BAIRRO JADERLÂNDIA

No fim de semana, apenas um homicídio foi registrado na cidade de Castanhal, região nordeste do Pará. Aconteceu no domingo (21), por volta das 20h30min. A vítima foi identificada como Antônio Guerreiro, de 35 anos, morto a tiros. O crime aconteceu na segunda rua do bairro Jaderândia, área periférica. Assassino está foragido.

Na cena do crime curiosos disseram ao BLOG que Antônio Guerreiro caminhava pela rua Adailson Rodrigues quando teria sido abordado por 2 homens em uma motocicleta. Ainda de acordo com os curiosos, o que estava na garupa do veículo teria sacado uma arma de fogo e efetuado vários disparos contra Antônio. “Já os moradores da área nos disseram que Antônio Guerreiro jogava baralho com alguns amigos dele quando, em determinado momento, um desconhecido se aproximou e efetuou disparos contra Antônio que, tentando escapar da morte, correu por poucos metros, mas foi perseguido, alcançado e executado. Em seguida, o atirador teria fugido em um veículo, não se sabe qual”, contou o sargento Wallace, da Polícia Militar.

Antônio Guerreiro morreu antes mesmo de uma equipe de resgate chegar ao local. Seu corpo ficou sob olhares de curiosos até ser removido por peritos do Instituto Médico Legal (IML). Um dos peritos disse que dos três tiros, 1 atingiu as costas, 1 o peito e o terceiro tiro acertou a subclavicular. As perfurações foram provocadas por balas de revólver calibre 32. Um suspeito de ser o autor do crime foi detido, após incursões feitas pela Polícia Militar. O suspeito foi conduzido à delegacia do centro de Castanhal, mas foi liberado por falta de provas.

O homicídio foi registrado no plantão da delegada Ariane Magno Gomes, da Polícia Civil. “A vítima já possuía entradas na delegacia por crime de tráfico de drogas”, disse a delegada. A hipótese de acerto de contas não é descartada. Um inquérito policial foi instaurado, para que o caso seja melhor investigado.

Reportagem: Tiago Silva

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

PRESO EM CURUÇÁ ACUSADO DE FRAUDAR BENEFÍCIO DO INSS

Ontem, por volta das 17h, policiais militares de Curuçá, município do nordeste paraense, deram apoio ao delegado Gabriel Oliveira, da Polícia Civil, que resultou na prisão em flagrante delito de Alfeu Pereira de Serra, de 64 anos, que seria membro de uma quadrilha especializada em fraudar benefícios de aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Mais detalhes a qualquer momento.

Reportagem Tiago Silva

SÃO MIGUEL DO GUAMÁ: HOMEM SOBREVIVE APÓS RECEBER 2 TIROS NO ROSTO

Em São Miguel do Guamá, município do nordeste paraense, foi registrado uma tentativa de homicídio. Aconteceu na noite de ontem, por volta das 22h, na baixada do bairro do Patauateua. Um rapaz foi alvejado no rosto por 2 disparos de arma de fogo, efetuados por um desconhecido, que teria fugido em uma motocicleta.

A vítima foi socorrida e levada para o hospital público de São Miguel do Guamá e depois transferida para o hospital de Urgência e Emergência de Ananindeua, na região Metropolitana de Belém, onde ficou de passar por uma cirurgia para a retirada das balas. O ferido se identificou como Roberto Medeiros da Silva, de 30 anos. Ele não conseguiu dar detalhes de como teria ocorrido o baleamento e nem o autor dos disparos. O caso ficou de ser investigado pela Polícia Civil de São Miguel do Guamá.

Reportagem: Tiago Silva

SUSPEITO MORRE EM TROCA DE TIROS COM POLICIAIS MILITARES DO TAUÁ

Um suspeito de ser traficante morreu em troca de tiros com policiais militares de Santo Antônio do Tauá, município do nordeste paraense. O confronto aconteceu no final da tarde de ontem, no bairro do Pina, depois que o capitão Fábio Campos e o Sargento Osvaldino foram até a casa do suspeito averiguar uma denúncia de tráfico de entorpecentes.

O capitão Fábio Campos e o sargento Osvaldino disseram que foram recebidos na base da bala. De acordo com os policiais militares, o suspeito efetuou 3 tiros de revólver calibre 38 contra a guarnição. Os tiros acertaram os coletes dos policiais, que tiveram que revidar. Silas Santos do Vale, de 19 anos, foi atingido por disparos de pistola calibre Ponto 40. Ele foi socorrido e levado para o hospital público de Santo Antônio do Tauá, mas não resistiu aos ferimentos.

Um revólver calibre 38 com 2 munições intactas e 3 deflagradas foi apreendido pelos policiais militares e apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio do Tauá.

Reportagem: Tiago Silva

MULHER É PRESA ACUSADA DE TRAFICAR DROGAS NO TAUÁ

Rosa Cristina do Nascimento Fernandes, de 34 anos, foi presa acusada de traficar drogas no município de Santo Antônio do Tauá, nordeste paraense. Após receber uma denúncia anônima, uma guarnição da Polícia Militar se dirigiu até a casa da acusada, na vila Nazaré, zona rural, e, com a permissão da proprietária, realizou uma revista e acabou encontrando 31 "petecas" de pasta base de cocaína e mais 65 trouxas de maconha.

Rosa Cristina do Nascimento Fernandes foi autuada em flagrante pelo delegado João Batista Amorim, da Polícia Civil. Ela ficou de ser transferida para o Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, região metropolitana de Belém.

Reportagem: Tiago Silva

POLÍCIA MILITAR E DETRAN REALIZAM OPERAÇÃO SATURAÇÃO EM CASTANHAL

A Polícia Militar realizou, durante a manhã e a tarde de ontem, operação "Saturação" na cidade de Castanhal, nordeste paraense. A operação, que contou com o apoio de agentes do Detran, percorreu os bairros Nova Olinda, Cariri, Pirapora, Centro, São José, Caiçara, Cohab, Estrela e outros. Policiais militares e agentes de trânsito passaram pelas rua Coronel Leal, Comandante Assis, 1º de Maio, Salvador Traccaiolle, João Coelho da Mota, alameda Capanema e avenida Tiradentes.

No total foram abordados 4 carros particulares, 33 motocicletas, 5 bicicletas e 12 pessoas suspeitas foram paradas e revistadas. Com os suspeitos nenhum objeto proibido por lei foi encontrado e todos foram liberados. Das 33 motocicletas, 13 foram removidas para o pátio do Detran, a maioria sem placa. O tenente coronel Roberto França, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), informou que operações parecidas ocorrerão nos próximos dias.

Reportagem: Tiago Silva

MAIS UMA ESCOLA É ASSALTADA EM CASTANHAL

Mais uma escola da cidade de Castanhal, nordeste paraense, foi assaltada. Aconteceu na noite de anteontem, por volta das 20h. Segundo o subtenente Junior, da Polícia Militar, 6 pivetes com facas invadiram a escola estadual Elcione Barbalho, no bairro Jaderlândia, e sob grave ameaça roubaram vários aparelhos celulares de alunos e professores. “Em seguida, os ladrões pularam o muro e fugiram”, disse o suboficial da PM.

As vítimas, que não quiseram se identificar, disseram que os ladrões estavam com os rostos cobertos com camisas. “Fiquei com muito medo. Eles diziam que iam nos matar se não entregássemos nossos celulares”, contou um dos alunos. Após o assalto, duas coordenadoras da escola, uma delas grávida e outra hipertensa, teriam passado mal e sido conduzidas ao hospital, para receberem atendimento médico. Professores ficaram de fazer uma mobilização e paralisar as aulas enquanto o Governo do Estado não resolve a questão da segurança pública. A Escola Elcione Barbalho está localizada na divisa do bairro Jaderlândia com o conjunto Rouxinol, considerada área de risco. Não é atoa que o estabelecimento de ensino já foi alvo de assaltos outras vezes. Sem contar que o local passa por uma reforma, que já dura 3 anos.

O tenente coronel França, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), informou que rondas ostensivas e preventivas são realizadas com frequência no bairro Jaderlândia e no conjunto Rouxinol. França disse ainda que a escola foi invadida depois de uma ronda policial feita às proximidades da escola. Após o crime, outras rondas foram feitas, mas nenhum suspeito foi localizado.

O delegado Rairton Carneiro, diretor da 12ª Seccional Urbana de Polícia Civil, informou que um inquérito já foi instaurado, para que o caso seja investigado. O policial civil suspeita que o assalto tivesse sido praticado por pessoas conhecidas, uma vez que cobriram os rostos. A diretoria da escola não quis gravar entrevista alegando medo de sofrer represália.

OUTRA ESCOLA

No dia 29 do mês passado, a Escola Estadual Cônego Leitão, localizada do centro de Castanhal, também foi assaltada. A ação foi parecida. Na fuga um dos assaltantes da Escola Cônego Leitão morreu trocando tiros com policiais militares. Com ele estava um revólver calibre 38 com 3 munições intactas e 2 deflagradas. Na época uma mulher e três homens foram presos. Com eles foi encontrado um simulacro de pistola Ponto 40 e recuperados pelo menos 20 aparelhos celulares, que haviam sido roubados de estudantes.

Reportagem: Tiago Silva

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

7 PESSOAS SÃO PRESAS ACUSADAS DE TRAFICAR DROGAS EM SALINÓPOLIS

A Polícia Militar prendeu, durante o último fim de semana, 7 pessoas suspeitas de traficar drogas no município de Salinópolis, região nordeste do Estado. Maria das Graças Souza Silva, 33, e Fernando Souza de Almeida, de 24 anos, foram presos no bairro Nova Brasília. Na casa em que eles estavam, os soldados Glauber e Neto, do moto patrulhamento, afirmam terem encontrado 55 “pacotinhos” de pasta base de cocaína, dentro de um fogão. Um adolescente de 17 anos foi apreendido.

Outra prisão aconteceu no início da noite de sábado (13), também no bairro Nova Brasília. Os cabos Mário, Ornildo, mais os soldados Lucas e Pereira, todos do Grupamento Tático Operacional (GTO) da Polícia Militar de Salinópolis, realizavam ronda de rotina pela ocupação do Trevo, área do bairro Nova Brasília, quando, na rua principal, por volta das 19h, viram um homem caminhando em atitude suspeita. “Abordamos e, durante revista feita no suspeito, encontramos com ele 26 pacotinhos de pasta base de cocaína”, afirma o cabo PM Mário. O suspeito foi identificado como Valdecir da Silva Monteiro, de 27 anos. Poucos minutos depois, a mesma equipe policial, com o apoio da investigadora THaiana, da Polícia Civil, prendeu, no bairro do Guarany, Francisca Márcia Barros Leonardo, 41, e Linderlei Oliveira da Silva, de 29 anos. Na casa deles policiais militares e civis encontraram 2 munições de revólver calibre 32, além de 47 pequenas porções de pasta base de cocaína.

Já na noite de domingo, no bairro da Ponte, mais precisamente da rua Litorânea, Williames Daniel Lopes Flexa Cohen, de 23 anos, teria sido flagrado portando 11 “pacotinhos” de pasta base de cocaína, prontos para a venda. A prisão de Williames foi feita pelo cabo Mário, soldados Décio, Pereira e Lucas, todos do (GTO). Na delegacia de Salinópolis foi descoberto que contra Williames Daniel existia em aberto um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça, acusado de ter praticado um homicídio no bairro da terra Firme, em Belém, em agosto de 2013. A vítima foi Edinaldo Rosário Monteiro, morto com 1 tiro na cabeça. O acusado não deu detalhes de como praticou o assassinato e nem revelou a motivação. E por último foi preso, no bairro do Atlântico, Francisco Arthur de Figueiredo Amorim, de 29 anos. Ele foi abordado e, durante revista pessoal, a equipe do cabo PM Mário, teria encontrado 10 “petecas” de pasta base de cocaína com o suspeito.

Todos os presos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Salinópolis, onde foram autuados em flagrante por crime de tráfico de entorpecentes. Os homens foram encaminhados para o Centro de Recuperação de Salinópolis (CRSAL) e as mulheres ficaram de ser transferidas para o Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua. Enquanto ao adolescente teria sido liberado. O major Josimar Leão Queiroz adiantou que operações no combate ao tráfico de drogas deverão continuar no município.

Reportagem: Tiago Silva

EMPRESÁRIO VIVE TERROR NAS MÃOS DE SEQUESTRADORES

Um empresário do município de Igarapé-Açu, nordeste paraense, viveu momentos de terror nas mãos de sequestradores, no último domingo (14). Segundo o tenente-coronel França, da Polícia Militar, “por volta das 11h, três homens armados de pistolas e encapuzados fizeram refém Wenigthon Dislei Costa Pereira, 50 anos, em um terreno de sua propriedade, em uma área afastada do centro de Igarapé-Açu”.

Ainda de acordo com o oficial da PM, sob grave ameaça, os criminosos conduziram Wenigthon Dislei Costa Pereira dentro do próprio carro até a casa dele, situada no centro de Igarapé-Açu. Segundo Wenigthon, os criminosos afirmavam que ele tinha grande quantidade em dinheiro guardada em sua residência. Populares perceberam a movimentação estranha vindo de dentro do imóvel e acionaram a Polícia Militar. Chegando ao local, o sargento Oliveira e o cabo Torres, de serviço na viatura 0530, foram recebido a tiros, disparados pelos três bandidos. Um dos disparos atingiu o colete balístico do cabo Torres. A bala transfixou o colete e atingiu superficialmente o abdômen do policial. Ele foi socorrido e levado para o hospital público daquele município, onde o projetil foi retirado. Cabo Torres já recebeu alta médica e passa bem com a família. A bala não atingiu nenhum órgão da vítima, segundo os médicos que atenderam o paciente.

Enquanto aos bandidos, eles saíram com o empresário dentro de um carro modelo S-10, cor branca, em direção a vila de São Luiz, zona rural de Igarapé-Açu. Outra guarnição da Polícia Militar percebeu a movimentação e fez o acompanhamento pela rodovia PA-320. Na localidade de Porto Seguro os acusados abandonaram o carro na estrada e se embrenharam em uma área de matagal. A área foi cercada por policiais militares daquele destacamento e por policiais militares do Grupamento Tático Operacional (GTO) da cidade de Castanhal.

Empresário sendo recebido com festa pelos amigos e familiares
O empresário só foi liberado pouco mais das 22h de domingo, na altura do km 4 de uma antiga estrada que dá acesso ao município de Maracanã. A vítima informou que os sequestradores conseguiram roubar R$ 2 mil e mais um cordão de ouro, que foi arrancado de seu pescoço. O tenente Botelho, comandante do 19º pelotão, informou que “foram feitas diversas incursões e barreiras nas estradas dos municípios de Magalhães Barata e Maracanã, mas que os sequestradores não foram presos”.

Eles teriam tomado de assalto outro carro e fugido para o município de Santa Maria do Pará, nordeste do Estado. As buscas aos criminosos terminaram às 2h30min da madrugada de ontem. O empresário Wenigthon Dislei Costa Pereira voltou para casa, onde foi abraçado por familiares e amigos, que festejaram sua volta com vida.

Reportagem: Tiago Silva

LÍDER COMUNITÁRIO É MORTO A TIROS NA VILA DE MACAPAZINHO

O líder comunitário, identificado pela polícia apenas pelo prenome de Marlindo, de idade não revelada, foi morto com pelo menos 4 tiros de pistola calibre 380, dentro da barraca em que dormia, no Assentamento São Jorge, próximo da Agrovila de Macapazinho, zona rural da cidade de Castanhal.

O crime foi descoberto ontem, por volta de 1h, depois que policiais do Núcleo Integrado de Operações (Niop) acionaram uma guarnição da Polícia Militar. O sargento Moraes e os cabos Espíndola e André se dirigiram até o assentamento e encontraram o corpo de Marlindo jogado sobre um colchão velho, dentro de uma simples barraca, onde a vítima morava com a esposa. Durante o trabalho de remoção, peritos do Instituto Médico Legal (IML) encontraram, próximo ao corpo, 4 cápsulas de pistola calibre 380.

No local, moradores da área disseram ao sargento Moraes que na noite anterior (domingo, 14), por volta das 23h30, um carro modelo Saveiro, cor branca, parou bem em frente a residência da vítima e que depois ouviram vários tiros. Em seguida, o carro saiu em alta velocidade. A esposa da vítima não foi localizada no local. Curiosos comentaram que ela teria sido levada pelos assassinos ou assassino, mas essa informação não foi confirmada pela Polícia Civil.

Marlindo era líder do Assentamento São Jorge. A motivação e a autoria do crime ainda são desconhecidas. “Estamos investigando, para que esse homicídio seja desvendado”, informou o delegado Rairton Carneiro. Até o fechamento dessa edição ninguém havia sido preso.

Reportagem: Tiago Silva

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

CICLISTA É MORTO A TIRO NO BAIRRO NOVO ESTREA

Mais um homicídio foi registrado em Castanhal, cidade do nordeste paraense. Dessa vez a vítima foi Elielson Damasceno, de 19 anos, morto a tiros. O crime aconteceu na virada da noite de sábado (13) para a madrugada de domingo (14). É o 7º caso de assassinato já registrado, em Castanhal, nesse mês de fevereiro.

Segundo informações de testemunhas, que preferiram não se identificar, Elielson Damasceno e mais 2 amigos trafegavam de bicicleta pelo bairro Novo Estrela, periferia de Castanhal, quando, por volta da meia-noite, na rua Floriano Peixoto, quase esquina com a rua Kazuma Oyama, foram abordados por um desconhecido, que estavam em uma motocicleta modelo Pop 10, cor vermelha. O desconhecido teria pedido o aparelho celular de Elielson que, segundo seus amigos, saiu correndo e acabou atingido por um tiro nas costas. Elielson morreu no local. O corpo foi removido por peritos do Instituto Médico Legal (IML). A vítima não possuía passagens pela justiça, segundo familiares.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil do centro de Castanhal, no plantão da delegada Ariane Magno Gomes. Ela informou que um inquérito será instaurado, para que o caso seja investigado.

Reportagem: Tiago Silva

sábado, 13 de fevereiro de 2016

DETENTO É MORTO A GOLPES DE ESTOQUE E ENTERRADO EM PRESÍDIO

O detento Gesiel da Silva Castro, de 31 nos de idade, foi morto a golpes de estoque e depois enterrado dentro do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPP I), em Santa Izabel, município da região metropolitana de Belém. As informações foram confirmadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe).

A morte foi descoberta depois que a esposa de Gesiel da Silva Castro procurou a direção do presídio informando que havia recebido uma denúncia anônima de que, na última quarta-feira (10), o marido dela teria sido morto por outro detento. O serviço de inteligência da Susipe, com o apoio do Comando de Missões Especiais (CME), da Polícia Militar, realizou uma revista no CRPP I e, na manhã de ontem, encontrou o corpo dentro de uma escavação de um antigo túnel do pavilhão II, que se encontra desativado. Até o fechamento dessa edição o corpo ainda não havia sido removido do local, pois o Instituto Médico Legal (IML) de Castanhal precisava do apoio de homens do Corpo de Bombeiros para o trabalho de remoção cadavérica,

O também detento Wagner Mesquita Silva, de 23 anos de idade, assumiu a autoria do crime. Ele foi conduzido à 17ª Seccional Urbana de Santa Izabel, para prestar esclarecimentos. Segundo consta no depoimento, o motivo teria sido uma desavença pessoal do acusado com a vítima, que respondia a vários processos por crimes de roubo e receptação dolosa. Um inquérito policial foi instaurado para que o caso seja investigado o caso.

A coordenadoria de assistência social da Susipe presta apoio à família de Gesiel da Silva Castro. Também o auxilio funeral já foi providenciado. A Susipe informou ainda que é improcedente a informação de que mais sete detentos estariam desaparecidos.

Reportagem: Tiago Silva

JOVEM É EXECUTADO A TIROS NO CONJUNTO JAÍIM

Outro homicídio aconteceu em Castanhal. Foi ontem, por volta das 11h, no final da primeira rua do conjunto Japiim, às margens da PA-320. Dessa vez, a vítima foi José Dilkson da Silva Souza, de 19 anos de idade. Na cena do crime, testemunhas, que não quiseram se identificar, disseram ao BLOG que, antes de ser morto, José Dilkson discutiu com um homem, que portava um revólver. A mesma informação foi repassada à Polícia Militar. “Ele correu quando percebeu que o ‘cara’ estava armado. Mas foi perseguido e morto com 2 tiros na cabeça, em uma área de matagal”, disse o sargento PM J. Carlos.  Ao saber que seu filho havia sido assassinado, Maria Amélia da Silva saiu às pressas de sua casa, no bairro da Cohab, e foi até o conjunto Japiim. Ela logo levou um pano para cobrir o corpo do filho. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Reportagem: Tiago Silva