quinta-feira, 22 de março de 2018

Matança também acontece no interior do Pará


Assassinatos também acontecem nos municípios do interior do Pará, não somente na capital paraense e região metropolitana de Belém. Durante o final de semana, três pessoas foram assassinadas a tiros nos municípios de Castanhal, Terra Alta e Vigia de Nazaré, região nordeste do Estado. Dos três casos, apenas um acusado foi preso em flagrante.

Em Terra Alta, por volta dás 7h de sábado (17), policiais militares receberam a informação sobre o corpo de uma pessoa do sexo masculino que estaria jogado no ramal São Joaquim, zona rural. Já no local, a vítima foi identificada como Lucas Eduardo, de idade desconhecida, morador da comunidade do km 39 da rodovia PA-136, ainda na zona rural. De acordo com as primeiras informações colhidas pelos policiais militares, por volta das 22h de sexta-feira (16), o jovem Lucas Eduardo foi abordado por homens encapuzados, que o obrigaram a entrar em um carro branco (um Fiat Uno Mille). Já ao amanhecer de sábado (17), Lucas foi encontrado morto com disparos de arma de fogo pelo corpo, no ramal São Joaquim. A motivação do crime ainda está sendo apurada pela Polícia Civil de Terra Alta.

No município de Vigia de Nazaré, por volta das 8h de domingo (18), a Polícia Militar recebeu a informação sobre uma mulher vítima de baleamento que estaria em uma residência situada na Vila Natal, área do bairro Arapiranga de Vigia de Nazaré. No local, a vítima foi identificada como Josiane Silva da Silva, de 28 anos, que já estava sem vida. Peritos foram acionados e removeram o corpo para o IML da cidade de Castanhal. O acusado de praticar o crime, o próprio esposo da vítima, Everton Thiago Dantas Figueiredo, foi localizado e preso em flagrante, ainda com a arma de fogo, um revólver calibre 38, que foi apreendido pela equipe da Polícia Militar. Em sua defesa, Everton Thiago Dantas Figueiredo alegou que a arma estava guardada no guarda roupa quando sua esposa foi manuseá-la, momento em que, segundo a versão do acusado, a arma disparou bem na testa da vítima. Após ser autuado, o preso foi encaminhado ao presídio, onde permanecerá até outra decisão da justiça.

Já em Castanhal, por volta de 1h de ontem, em um bar, situado na rua Adailson Rodrigues, área do bairro Jaderlândia, Francisco de Assis do Amaral Lopes, de 22 anos, foi executado com um tiro na cabeça enquanto dormia sobre um bilhar. Segundo a dona do bar, ela escutou apenas um disparo de arma de fogo. Moradores da área não souberam ou não quiseram dizer como e nem por quem o crime teria sido praticado. De acordo com a Polícia Militar, a vítima Francisco já havia sido preso em 2014 pelo crime de roubo. A principal linha de investigação é a de um possível acerto de contas.


Por Tiago Silva (DOL)

terça-feira, 20 de março de 2018

Com arma de fogo, ex-aluno assalta escola na periferia de Castanhal

Professores e alunos viveram momentos de terror durante um assalto a mão armada que aconteceu na manhã de quinta-feira (15), por volta das 8h30min, na Escola Municipal Francisco Espinheiro Gomes, localizada no bairro Santa Catarina, periferia da cidade de Castanhal, no nordeste paraense.
O assalto foi praticado por um ex-aluno da Escola, segundo os educadores. “Nós estávamos reunidos em uma sala conversando sobre o planejamento do ano letivo quando o ex-aluno invadiu a sala com um revólver na mão e anunciou o assalto. Ele nos tomou bolsas e pertences pessoais. Em seguida, saiu correndo. Foi uma sensação terrível”, relatou uma das vítimas. Outro professor disse que todos estão à mercê da bandidagem naquela área, até mesmo dentro da Escola. “Nós não estamos podendo mais ensinar em paz. Aqui não tem segurança”, desabafou.
A Polícia Militar foi acionada, realizou buscas, mas o assaltante não foi encontrado. Um Boletim de Ocorrência ficou de ser registrado na delegacia da cidade, para que a Polícia Civil investigue o fato. A diretora da Escola Francisco Espinheiro Gomes, que não quis se identificar, disse que, às 9h da sexta-feira (16), professores, alunos e pais de alunos  se reuniram em frente a Escola em forma de protesto para pedir mais segurança.
Fonte: Tiago Silva / Diário do Pará

Tático e Rocam prendem traficante após roubo em loja no centro de Castanhal

O vídeo do assalto a loja que fica na Senador Lemos, próximo a Escola Estadual Cônego Leitão, no centro de Castanhal, foi divulgado nas redes sociais. O assalto ocorreu por volta das 09h de quinta-feira (15). Dentro da loja, os assaltantes reconheceram um policial e roubaram sua arma. Eles ainda pegaram vários celulares da vitrine, os quais foram abandonados logo em seguida, próximos a loja.
A Guarnição do Tático foi acionada logo depois, recebeu o apoio da Rocam e após várias incursões, uma denúncia anônima, apontou que os suspeitos encontravam-se no final da segunda rua do Conjunto Buritis, na casa de uma mulher que teria envolvimento com tráfico de drogas. Na batida foi presa Débora Evelyn Cândido Simões e outras quatro pessoas, sendo dois homens e mais duas mulheres.
Débora tinha em seu poder 10 porções de maconha e uma porção de cocaína. Ainda na frente da residência havia um pálio cinza, placa NOS-7810 (placa clonada), e ao verificar pelo chassi foi constatado que se tratava de veículo roubado. Após essa batida, a PM por meio da Rocam, recebeu outra informação sobre mais dois suspeitos que estariam sendo resgatados por um veículo e que poderiam ter envolvimento no assalto. Os mesmos foram detidos e levados para a delegacia. Mas, os mesmos não foram reconhecidos pelas vítimas.
De acordo com o delegado João Inácio esta é a primeira vez que Débora é presa. “Através da análise em celulares dos suspeitos e das informações apuradas, constatou-se que Débora, estava traficando drogas e ainda levava usuários para dentro de sua casa. No caso dos outros detidos nenhum foi reconhecido pelo policial militar. Os celulares roubados foram abandonados na frente da loja, mas, a arma do PM não foi recuperada”, afirmou o delegado.
Por Divania Batista (Reportagem NV1)

Reféns, tiros e três mortos durante tentativa de resgate em Americano


Três presos morreram baleados durante uma tentativa de resgate de detentos no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPP I), localizado no Complexo Penitenciário de Santa Isabel, Região Metropolitana de Belém. A ação começou na manhã de ontem, por volta das 8h, e só terminou à tarde, por volta das 14h30min.

Seis agentes prisionais foram feitos reféns, mas foram liberados 6 horas depois de uma negociação feita pelo Capitão Maués, da Polícia Militar, com a chegada da juíza de Direito Luiza Paduan, da Vara de Execuções Penais da Capital. Dois reféns sofreram ferimentos leves, receberam atendimento médico e passam bem. De acordo com a Diretoria de Administração Penitenciária, os criminosos que estavam do lado de fora do presídio e davam apoio na tentativa de resgate dos presos fugiram pela área de mata, após trocarem tiros com policiais militares do Batalhão de Policiamento Penitenciário (BPOP).

Durante a ação, três presos morreram baleados durante intervenção policial, dentro da Casa Penal. Um dos presos mortos foi identificado como Clayton Alcântara de Moraes, de 30 anos, natural de Belém. Outros dois mortos, até o início da noite, permaneciam sem identificação no IML da cidade de Castanhal. No total, duas pistolas calibre Ponto 40 e um revólver calibre 38 foram apreendidos. A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) não confirmou fuga de presos.

A juíza de Direito Luiza Paduan se comprometeu em dar maior celeridade na análise processual dos detentos. A Polícia Civil deverá abrir um inquérito na tentativa de descobrir quais os presos alvos do resgate. Atualmente, o CRPP I está lotado, custodiando 1.196 presos, sendo que a capacidade é para 739.

Por Tiago Silva (Dol) 

Homem é preso acusado de matar o próprio primo a pauladas e facadas


No município de Santa Izabel, região metropolitana de Belém, um homem foi preso acusado de matar o próprio primo a pauladas e facadas. O fato ocorreu na manhã do último domingo (11), por volta das 11h, dentro de uma residência, localizada na rua Nova Olinda do conjunto Jardim Florestal, área central de Santa Izabel.

O acusado, identificado como Gilson de Paula Nascimento, preso em flagrante delito por uma equipe da Polícia Militar, teria confessado o crime alegando que matou porque teria flagrado sua esposa deitada na cama com a vítima. O preso disse que seu primo estaria tendo um relacionamento amoroso com sua esposa dentro de sua própria residência. Tomado pela fúria, Gilson partiu para cima de seu primo, identificado como Moisés Junior de Paula Pinheiro e o golpeou várias vezes com um pedaço de madeira e com uma faca. Moisés chegou a ser socorrido, mas morreu logo após dar entrada no hospital público de Santa Izabel.

Após ser ouvido na 17ª Seccional Urbana de Polícia Civil, Gilson de Paula Nascimento foi encaminhado ao presidio, onde ficará custodiado respondendo pelo crime de homicídio doloso, quando existe a intenção de matar.


Por Tiago Silva (Dol)

Latrocínio: em Castanhal, ladrões matam idoso a facadas


Um latrocínio, que é o roubo seguido de morte, foi registrado na cidade de Castanhal, região do nordeste paraense. Aconteceu no início da manhã de sábado (10), por volta das 7h30min, no bairro Pantanal. A vítima foi um idoso, identificado como José Raimundo da Conceição Machado, que ganhava seu sustento vendendo carvão.

De acordo com informações colhidas no local do crime, dois ladrões teriam invadido a casa do idoso para roubar uma quantia em dinheiro que o trabalhador teria adquirido com a venda de carvão. Durante a ação criminosa, o idoso recebeu facadas pelo corpo e, já do lado de fora da residência, situada às proximidades de um açude, a vítima caiu ao chão e morreu no local. Possivelmente a vítima teria reconhecido um dos ladrões, por isso foi covardemente assassinada a facadas.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e, após passar por exame de praxe, foi liberado aos familiares para velório e sepultamento. A Polícia Militar foi acionada, mas nenhum suspeito foi encontrado na área. A polícia já possui informações sobre as identidades dos autores do latrocínio, mas prefere não divulgar ainda para não atrapalhar nas investigações. Quem tiver informação sobre o paradeiro dos criminosos pode denunciá-los ligando para o 181, que é o Disque-Denúncia da Polícia Civil. O denunciante não precisa se identificar.


Por Tiago Silva (Dol)

Motociclista e passageiro morrem atropelados por caminhão na BR-316


Dois homens morreram após serem atropelados por um caminhão tanque na rodovia BR-316, em Castanhal, cidade do nordeste paraense. O atropelamento aconteceu na manhã de ontem, por volta das 11h. As vítimas fatais foram identificadas como Eugênio Gomes dos Santos, 22, e Erenilson dos Santos Souza, de 39 anos.

Segundo testemunhas, o motociclista teria realizado uma ultrapassagem quando foi atingido pelo caminhão tanque que transportava pelo menos 56 toneladas de combustíveis. Eugênio Gomes dos Santos morreu no local. Erenilson dos Santos Souza chegou a ser socorrido, mas também morreu logo que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas. Ambos sofreram fraturas múltiplas e expostas. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML).

O caminhoneiro, que não teve o nome divulgado pela polícia, permaneceu no local até a chegada de uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que sinalizou a rodovia para evitar outros acidentes. As vítimas fatais eram homens trabalhadores e bastante conhecidos na cidade.

Por Tiago Silva (Dol) 


“Operação Saturação”: 5 adultos presos e 4 adolescentes apreendidos


A Polícia Militar divulgou ontem o balanço parcial da “Operação Saturação”, realizada durante o final de semana na cidade de Castanhal, no nordeste paraense, que resultou na prisão de cinco adultos na apreensão de quatro adolescentes. “Além das prisões, duas armas de fogo e drogas foram apreendidas”, disse o Tenente-Coronel Prata, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), em Castanhal.


A primeira prisão aconteceu no início da madrugada de sexta-feira (2), por volta de 1h, no bairro São José, onde José Carlos Lima da Silva, 20 anos, foi abordado e flagrado em poder de uma arma de fogo de fabricação artesanal. José Carlos foi apontado como sendo um dos autores do roubo de uma motocicleta. Ainda na sexta-feira, por volta das 20h, dois adolescentes foram apreendidos suspeitos de envolvimento em roubos no bairro Santa Lídia. Com um dos menores, durante revista pessoal, foi encontrada uma arma de fogo de fabricação caseira.

Já no conjunto Rouxinol outra equipe da PM prendeu o Gleidson Augusto Magalhães Castro, 19 anos, flagrado com 19 pequenas porções de maconha. Na casa dele, durante uma revista minuciosa, foram encontradas mais 2 pequenos tabletes de maconha prensada, além de uma pedra de cocaína. No quintal da residência foram arrancados 2 pés de maconha, que estavam sendo cultivados. Em outra missão, realizada no bairro Fonte Boa, no início da noite de sábado (3), um adolescente de 15 anos foi apreendido após ser flagrado com 210 petecas de pasta base de cocaína, prontas para serem comercializadas. Em outra área, na Propira, 2 motocicletas com registro de roubo foram recuperadas e devolvidas aos donos.

No domingo (4), por volta das 5h, um neto manteve em cárcere privado, por cerca de 45min, seus próprios avós. Francisco Ferreira da Silva, 29 anos, entrou na casa das vítimas pelo telhado. A polícia foi acionada e, numa entrada tática, conseguiu prender o acusado ainda dentro do imóvel. Em outra ocasião, Francisco Ferreira já tinha ateado fogo na casa de seus avós, segundo a polícia. Os idosos foram atendidos por uma equipe do Corpo de Bombeiros e passam bem. Francisco teria confessado aos policiais militares ser usuário de drogas. À tarde, ainda no domingo, a PM atendeu outra ocorrência, desta vez em pleno centro comercial de Castanhal, onde, sobgrave ameaça, uma mulher teve R$ 50 roubados. O acusado, identificado como Antônio Alessandro da Silva Pereira, 22 anos, foi preso ainda com a faca que utilizou para intimidar a vítima. O dinheiro foi recuperado.

Para finalizar, na noite de domingo, um foragido do sistema penitenciário foi recapturado na comunidade Ana Júlia, área do bairro Novo Estrela. Edvan Neves do Nascimento, 27 anos, estava foragido da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel. A fuga ocorreu no dia 17 de outubro do ano passado. Após ser ouvido na delegacia, Edvan Neves retornou à cadeia, onde permanecerá custodiado no regime fechado. “Com essas prisões e apreensões, o índice de criminalidade deve diminuir em Castanhal”, acredita o Tenente-Coronel Prata, da Polícia Militar.


TIAGO SILVA
De Castanhal

Policiais Civis e Militares realizam várias prisões em Igarapé-Açú

Nesta semana, no município de Igarapé-Açu, policiais civis e militares realizaram várias prisões, dando prosseguimento ao combate à criminalidade na região. Uma dupla foi presa e um adolescente foi apreendido.
Foram presos pelo crime de roubo: Edinei Souza Silva, 22 anos, conhecido por “Nyke”, e José Augusto Rocha Amaral Rocha, 32 anos. Ambos estavam na companhia de um adolescente quando invadiram uma residência e roubaram, fazendo graves ameaças, o aparelho celular da vítima. Vale ressaltar que Edinei já foi preso cinco vezes e José Augusto já responde a 15 processos criminais.
Traficante presa
Também foi presa e autuada em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas Deusa Brito Almeida, de 46 anos. Com ela foi apreendida certa quantidade de pedras de óxi (derivado da cocaína). Deusa já foi presa pelo mesmo crime no Estado do Tocantins, onde transportava 5 quilos de maconha. Ela já está no presídio feminino a disposição da justiça.
Foragido recapturado
Na terça-feira (06), foi recapturado Jhonathan Siqueira da Silva, de 20 anos. Ele estava foragido o sistema penitenciário do Estado do Pará. Também foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva de Antônio Rairielson Bezerra Santos, de 28 anos, este preso pelo crime de roubo.
Por Divania Batista (Com informações do delegado Augusto Damasceno)

Em Santa Izabel, Polícia Militar prende acusado de homicídio

Fabrício da Silveira Capucho, de 18 anos, foi preso acusado de envolvimento no assassinato de um homem, que seria mototaxista, no município de Santa Izabel, região metropolitana de Belém. A prisão ocorreu na tarde da última segunda-feira (5) e foi efetuada por uma guarnição da Polícia Militar, mas somente ontem os detalhes foram divulgados.
O crime aconteceu na noite de sábado (3), por volta das 20h. Diones Ferreira Tavares, que seria mototaxista, estava em sua residência, localizada na rua Verissimo Guedes, em Santa Izabel, quando ao menos dois homens encapuzados arrombaram o imóvel e executaram a vítima com vários tiros pelo corpo. O alvo ainda estava na cama, no quarto, quando foi assassinado. Segundo informações colhidas no local, Diones Ferreira Favacho foi alvejado por pelo menos 4 disparos de armas de fogo dos calibres ainda desconhecidos.
As investigações e diligências feitas pelas policias civil e militar não cessaram e, por volta das 15h da última segunda-feira, uma guarnição da Polícia Militar localizou e prendeu um dos acusados que estava às proximidades de um campo de futebol, situado na travessa Santa Lúcia do bairro Centro de Santa Izabel. Na delegacia, Fabrício teria confessado o crime alegando que teria sido por motivo de vingança. “Matei ele porque, quando eu tinha 13 anos, vi ele matando um amigo meu”, confessou.
Após ser ouvido, Fabrício da Silveira Capucho foi encaminhado ao presídio, onde permanecerá custodiado até outra decisão do poder judiciário. As investigações e diligencias continuam para prender outro acusado de envolvimento no assassinato.
Fonte: Tiago Silva / Diário do Pará

Operação flagra nove pessoas com drogas e armas em Castanhal

A Polícia Militar divulgou na segunda-feira (5) o balanço parcial da “Operação Saturação”, realizada durante o fim de semana na cidade de Castanhal, no nordeste paraense, que resultou na prisão de cinco adultos e na apreensão de quatro adolescentes. “Além das prisões, duas armas de fogo e drogas foram apreendidas”, disse o tenente-coronel Prata, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), em Castanhal.
A primeira prisão aconteceu no início da madrugada de sexta-feira (2), por volta de 1h, no bairro São José, onde José Carlos Lima da Silva, 20 anos, foi abordado e flagrado em poder de uma arma de fogo de fabricação artesanal. José Carlos foi apontado como sendo um dos autores do roubo de uma motocicleta. Ainda na sexta-feira, por volta das 20h, dois adolescentes foram apreendidos suspeitos de envolvimento em roubos no bairro Santa Lídia. Com eles, durante revista pessoal, foi encontrada uma arma de fogo de fabricação caseira.
Já no conjunto Rouxinol, outra equipe da PM prendeu o Gleidson Augusto Magalhães Castro, 19 anos, flagrado com 19 pequenas porções de maconha. Na casa dele, durante uma revista minuciosa, foram encontradas mais 2 pequenos tabletes de maconha prensada, além de uma pedra de cocaína. No quintal da residência, foram arrancados 2 pés de maconha, que estavam sendo cultivados. Em outra missão, realizada no bairro Fonte Boa, no início da noite de sábado (3), um adolescente de 15 anos foi apreendido após ser flagrado com 210 petecas de pasta base de cocaína, prontas para serem comercializadas. Em outra área, na Propira, 2 motocicletas com registro de roubo foram recuperadas e devolvidas aos donos.
CÁRCERE PRIVADO
No domingo (4), por volta das 5h, um neto manteve em cárcere privado, por cerca de 45 minutos, seus próprios avós. Francisco Ferreira da Silva, 29 anos, entrou na casa das vítimas pelo telhado. A polícia foi acionada e, numa entrada tática, conseguiu prender o acusado ainda dentro do imóvel. Em outra ocasião, Francisco Ferreira já tinha ateado fogo na casa de seus avós, segundo a polícia. Os idosos foram atendidos por uma equipe do Corpo de Bombeiros e passam bem. Francisco teria confessado aos policiais militares ser usuário de drogas. À tarde, ainda no domingo, a PM atendeu outra ocorrência, desta vez em pleno centro comercial de Castanhal, onde, sob grave ameaça, uma mulher teve R$ 50 roubados. O acusado, identificado como Antônio Alessandro da Silva Pereira, 22 anos, foi preso ainda com a faca que utilizou para intimidar a vítima. O dinheiro foi recuperado.
RECAPTURA
Para finalizar, na noite de domingo, um foragido do sistema penitenciário foi recapturado na comunidade Ana Júlia, área do bairro Novo Estrela. Edvan Neves do Nascimento, 27 anos, estava foragido da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel. A fuga ocorreu no dia 17 de outubro do ano passado. Após ser ouvido na delegacia, Edvan Neves retornou à cadeia, onde permanecerá custodiado no regime fechado.
Fonte: (Tiago Silva / Diário do Pará)

Mototaxista é executado a tiros dentro da própria casa em Santa Izabel


Um homicídio foi registrado no município de Santa Izabel, região Metropolitana de Belém. O crime aconteceu no bairro Santa Lúcia, por volta das 21h30min de sábado (03). A vítima foi um mototaxista, identificado como Diones Ferreira Favacho, que tinha 29 anos.

O mototaxista estava em sua residência, localizada na rua Verissimo Guedes, quando homens encapuzados (não se sabe quantos) arrombaram o imóvel e o executou com vários tiros. A vítima ainda estava sobre uma cama, no quarto, quando foi assassinada. Segundo informações colhidas no local, Diones Ferreira Favacho foi alvejado por pelo menos 4 disparos de armas de fogo dos calibres ainda desconhecidos. Após o crime, o atirador fugiu do local sem ser identificado. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Castanhal, onde passou por exame de necropsia. Depois foi liberado aos familiares para velório e sepultamento.

A Polícia Militar foi acionada, realizou buscas, mas, até o fechamento dessa edição, nenhum suspeito de envolvimento no assassinato do mototaxista havia sido preso ou identificado. As autorias e motivações ainda estão sendo apuradas pela Polícia Civil de Santa Izabel.


Por Tiago Silva (Dol)

Bandido arromba e furta objetos de Centro Religioso



O arrombamento aconteceu no final da noite da última quinta-feira (1), por volta das 23h, no Ambulatório Irmã Alfonsa Clerici, das Irmãs Preciosinas, no bairro Jaderlândia, na cidade de Castanhal, no nordeste paraense. As câmeras do circuito interno registraram a ação do bandido. Esta foi a primeira vez, em 21 anos de funcionamento, que o laboratório foi alvo da criminalidade.

O vídeo tem 10 minutos de duração e mostra o arrombador saltando do forro e agindo tranquilamente. Entre o vai e vem dentro do prédio, além de idas e voltas, para fora do estabelecimento, a ação durou quase toda a madrugada. Em pouco mais de 4 horas, o arrombador conseguiu levar um aparelho de celular, um aparelho de TV e um computador, usado para fazer os cadastros dos pacientes e controle de entrega dos exames. De acordo com a irmã Norberta, coordenadora do ambulatório, o criminoso já teria tentado entrar no prédio no dia 11 de fevereiro, mas, na época, não obteve sucesso.

Para a irmã, o assalto é mais uma barreira que deve ser enfrentada pelo ambulatório e comunidade. Hoje a entidade que realiza um trabalho social fundamental para o bairro do Jaderlândia não tem nenhum convênio firmado com a prefeitura ou outras instituições. “Ele, além dos objetos, levou toda a nossa alegria. E me encabula a ousadia, o atrevimento, a falta de respeito pelo nosso trabalho. Eu cheguei ao prédio às 05h20 da manhã com minhas irmãs, acionamos a polícia e ficamos aqui o dia todo sofridas. Aqui nós atendemos o social, atendemos pela saúde, a pobreza da casa da sopa, temos centro de terapia, farmácia caseira, tudo em prol do povo e ele prejudicou não só o ambulatório, mas como também toda comunidade”, disse a irmã Norberta.

Quem precisa de atendimento, sabe o prejuízo causado pelo arrombador. “Agora, as irmãs esperam que a sociedade e as autoridades possam ficar em alerta e principalmente, possam de alguma forma, apoiar a entidade que vai passar por tempos difíceis sem suas principais ferramentas para atendimento ao público”, finalizou a irmã.


TIAGO SILVA
De Castanhal

Foragido de alta periculosidade é recapturado em Castanhal

Samuel Ferreira de Melo, 34 anos, foi recapturado as 21h30, da última quarta-feira (28/02), pela Polícia Militar, quando caminhava em via pública no bairro Jaderlândia, em Castanhal.
De acordo com o delegado Vitor Fontes, Samuel tentou empreender fuga ao avistar os policiais o que chamou a atenção. Ele foi detido e levado à delegacia para averiguação, mas, se apresentou com nome falso.
Samuel acabou sendo reconhecido por ter participado de vários crimes, além de estar na condição de foragido da Colônia Agrícola de Heleno Fragoso, em Santa Izabel do Pará, desde novembro do ano passado.
Samuel tem uma lista extensa de crimes, com registro na justiça por tráfico de drogas, assalto a mão armada, cárcere privado e porte ilegal de arma de fogo. Vale lembrar que em 2016 ele foi preso, em Castanhal, por manter a enteada refém. Ele responde aos processos nas cidades de Salinópolis, Belém, Castanhal e São Domingos do Capim.
Por Divania Batista (Reportagem NV1)

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Preso acusado de envolvimento em triplo homicídio em Santa Izabel


Policiais civis, sob o comando do delegado Rodrigo Leão, diretor da 17ª Seccional, prenderam Luciano de Souza Silva, apontado como sendo um dos autores de um triplo homicídio que aconteceu no município de Santa Izabel, região metropolitana de Belém. O crime aconteceu na virada de domingo (25) para segunda-feira (26), em um bar situado na altura do km 4 da rodovia PA-140.

Era por volta da meia-noite quando dois homens, em uma motocicleta, chegaram atirando com a intenção de matar Raimundo Ivaldo da Silva, de 39 anos. Raimundo estava acompanhado de seu filho e amigos. Durante o tiroteio, no meio do fogo cruzado, um soldado da Policial Militar, identificado como Jefferson Maciel dos Anjos foi alvejado e morreu a caminho do hospital. O soldado M. Anjos estava de folga, a paisana e teria tentado intervir na situação quando foi baleado. O policial era do 24º Batalhão de Polícia Militar (24º BPM), em Belém, mas residia em Santa Izabel. Ainda foram alvejados Raimundo Ivaldo da Silva e o amigo dele, identificado como Álvaro Guilherme, que também morreram.

Logo após a ocorrência, iniciaram-se as investigações que apontaram para dois suspeitos, que fugiram do local do crime em uma motocicleta. Após depoimentos de diversas testemunhas, que apontaram Luciano de Souza Silva como um dos autores do triplo homicídio, foram feitas diligências e, já no município de Ananindeua, um dos acusados foi localizado e preso na casa de seus familiares. No mesmo local, foi apreendida a motocicleta utilizada na fuga. “O outro suspeito já está identificado e com sua prisão preventiva solicitada à justiça”, disse o delegado Rodrigo Leão.

Durante interrogatório, na delegacia de Santa Izabel, Luciano de Souza Silva confessou o crime, mas disse que teria sido coagido pelo autor dos disparos. “Ele (comparsa) atirou e eu dei a fuga na moto”, alegou Luciano. Ao ser perguntado sobre a motivação do crime, o preso disse que não sabia informar. Após ser ouvido, Luciano foi encaminhado ao Complexo Penitenciário, onde permanecerá custodiado até outra decisão do poder judiciário. Também participaram da missão, os investigadores Geraldo Magella e Roberto Palheta.


Por Tiago Silva (DOL)

Segurança particular é morto a tiros durante tentativa de assalto


Um homem, que trabalhava como segurança particular, morreu após ser alvejado por disparos de arma de fogo durante uma tentativa de assalto em um açougue localizado na rua Paes de Carvalho, mais precisamente na Feira da Ceasa, em pleno Centro Comercial da cidade de Castanhal, região do nordeste paraense.

Era por volta das 15h de ontem quando dois criminosos disfarçados de vendedores de chope, ainda com isopor nas mãos, anunciaram um assalto e logo em seguida sacaram suas armas de fogo, possivelmente revólveres calibre 38. O ataque aconteceu no momento em que uma funcionária saia do açougue para depositar, em uma agência bancária, a renda do dia. O segurança particular, identificado como Eduardo Barbosa Nascimento Junior, de 39 anos, reagiu e acabou alvejado. Ele chegou a ser socorrido por populares e transportado na carroceria de uma caminhonete até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas, onde acabou não resistindo. Da UPA, o corpo foi removido para o Instituto Medico Legal (IML).

Funcionários e proprietários do açougue, que já foi assaltado pelo menos outras duas vezes, não informaram se alguma quantia em dinheiro foi levada pelos assaltantes, que fugiram do local em um carro de cor branca. Acredita-se que um terceiro assaltante já aguardava pela dupla com o motor do carro ligado, pronto para dar a fuga. “Os bandidos se passaram por vendedores de chope, inclusive um deles ainda deixou cair um chapéu velho de couro”, disse um dos feirantes que estava bem próximo do local e por pouco também não foi atingido por uma bala perdida. Os assaltantes ainda permaneciam foragidos, até o fechamento dessa reportagem.


Por Tiago Silva (DOL)

Três pessoas morrem durante tiroteio em Santa Izabel do Pará


A equipe de policiais civis do delegado Rodrigo Leão, diretor da 17ª Seccional Urbana, já está investigando três mortes provocadas por disparos de arma de fogo que ocorreram por volta da meia-noite de domingo (25) para segunda-feira (26) no município de Santa Izabel, região metropolitana de Belém. Entre as vítimas fatais está um soldado da Polícia Militar do Pará.

De acordo com as informações colhidas no local do crime, em um bar, situado na altura do km 4 da rodovia PA-140, estavam algumas pessoas se divertindo e ingerindo bebida alcoólica quando dois homens desconhecidos, em uma motocicleta, chegaram atirando para matar um dos clientes do bar, que estava acompanhado de amigos e de um filho. O filho e os amigos do alvo principal reagiram também atirando contra os desconhecidos, que conseguiram fugir do local na motocicleta do modelo, cor e placa não anotados pelas testemunhas.

Durante a troca de tiros, no meio do fogo cruzado, estava um soldado da Polícia Militar, identificado como Jeferson Marciel dos Anjos, que foi alvejado e morreu a caminho do hospital. O soldado M. Anjos estava de folga, a paisana e, de acordo com as primeiras informações, também estaria se divertindo no estabelecimento quando, ao tentar intervir na situação, acabou baleado. Ainda durante a troca de tiros também foram baleados Raimundo Ivaldo da Silva, o conhecido “Valdo”, de 39 anos, que seria o alvo principal, e o amigo dele, identificado como Álvaro Guilherme, o conhecido “Alevinho”. Raimundo Ivaldo e Álvaro Guilherme também morreram.

Os três corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Castanhal. Buscas foram feitas, mas, até o fechamento dessa edição, nenhum suspeito de envolvimento nas três mortes havia sido preso. O soldado M. Anjos era do 24º Batalhão de Polícia Militar (24º) BPM, em Belém, mas residia em Santa Izabel do Pará.

Por Tiago Silva (DOL) 

Durante assalto, pai de família é morto a tiro na frente da filha


Um caso de latrocínio, roubo seguido de morte, foi registrado na cidade de Castanhal, região do nordeste paraense. Aconteceu na noite de sexta-feira (24), por volta 20h, na altura do km 21 da rodovia BR-316, próximo a entrada que dá acesso ao município de São Domingos do Capim. A vítima foi identificada como Gilson Ribeiro da Silva, que tinha 46 anos.

De acordo com informações repassadas pela polícia, a vítima, que morava em Bragança, saiu de sua residência para deixar sua filha na faculdade quando, às proximidades do Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda (Sefa), Gilson e sua filha, que estavam em uma motocicleta, foram abordados por dois bandidos. Durante a ação criminosa, um dos bandidos efetuou um disparo de arma de fogo contra o pai de família, que morreu no local. O crime foi praticado na frente da filha de Gilson.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Castanhal. Logo após o crime, a filha da vítima acionou a Polícia Militar, que realizou buscas na área, mas, até o fechamento dessa edição, os criminosos ainda não haviam sido presos. Eles fugiram na moto da vítima, uma Titan 160 cilindradas de cor preta e placa QDV-7518. Gilson Ribeiro da Silva era esposo de uma professora bastante conhecida em Bragança. Quem tiver qualquer informação sobre os assaltantes pode denunciá-los por meio do 181. O sigilo é garantido.


Por Tiago Silva (DOL)

Desconhecido é executado com vários tiros durante a madrugada


Um homicídio foi registrado por volta das 04h da manhã de ontem, no Parque dos Buritis, em Castanhal, cidade do nordeste paraense. Até o fechamento dessa edição, a vítima ainda não havia sido identificada pela polícia. De acordo com o delegado Alexandre Lopes, da Polícia Civil, a equipe de plantão foi acionada e constatou que um homem tinha sido assassinado a tiros na rua Jatobá, em frente a uma residência.

Moradores informaram que ouviram pelo menos 5 disparos. “Havia um homem morto por baleamento e, segundo levantamento dos peritos do IML, que realizaram a remoção do corpo, tinha alguns objetos ao lado do corpo como pulseiras e um relógio, quebrados, o que nos leva a crer, que possivelmente a vítima teria cometido algum roubo e sido morta por algum ‘justiceiro’ da área, mas ainda não podemos afirmar essa versão”, informou o delegado Alexandre Lopes. O policial civil disse ainda que um dossiê foi feito e entregue a equipe da Delegacia de Homicídios (DH), que ficará à frente das investigações.

Moradores teriam informado também que a vítima foi abordada as proximidades de uma caixa d’água do conjunto. Homens teriam baleado o rapaz que ainda tentou fugir, mas, morreu em frente a uma residência. Qualquer informação que possa ajudar a Polícia Civil a esclarecer o caso, pode ser repassada pelo 181, o disque denúncia da Polícia Civil. O sigilo será mantido.


Por Tiago Silva (DOL)

“Justiceiro” atira e mata acusado de praticar roubos de celulares


Na manhã do dia 21, por volta das 8h30min, um acusado de praticar roubos de celulares foi morto com pelo menos quatro tiros de revolver nas costas, disparados por um “justiceiro”. Aconteceu no bairro Novo Estrela, na rua Osasco, após duas pessoas terem seus aparelhos celulares roubados por uma dupla em uma motocicleta.

O morto foi identificado como Eduardo Raiol, de 21 anos, morador do conjunto Tropical, periferia de Castanhal. Eduardo estava na garupa de uma motocicleta quando foi alvejado e caiu, sendo deixado para trás por seu comparsa, que não foi reconhecido. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu foram acionadas, mas, o baleado não resistiu aos ferimentos. A polícia militar interditou toda a área até o corpo ser removido por peritos do Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o sargento Cézar, da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, dois aparelhos celulares foram encontrados em poder de Eduardo Raiol. Os celulares, que seriam provenientes de roubos, foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil do centro de Castanhal. O “justiceiro” que efetuou os disparos contra Eduardo não foi identificado por moradores do bairro Novo Estrela.


Por Tiago Silva (DOL)

Em Castanhal, homem é assassinado com 3 tiros


Um homem morreu após ser alvejado por três disparos de arma de fogo. O crime aconteceu na noite de terça-feira (20), por volta das 22h30, no conjunto Tangarás, periferia da cidade de Castanhal, região do nordeste paraense. A vítima foi identificada como Davi Soares da Silva, que tinha 44 anos.

Chovia bastante na hora do crime. Davi caminhava pela Quadra 13 do Lote 3 quando, em frente a uma residência de numero 5, foi abordado por um desconhecido que o matou com um tiro no olho esquerdo e outros dois tiros no ombro direito. Em seguida, o assassino fugiu do local. Moradores da área não souberam informar se algum tipo de veículo foi utilizado na fuga. A equipe do delegado Vitor Fontes, da Polícia Civil, esteve no local e colheu a informação de que a vítima, o Davi trabalhava como gesseiro, mas que seria usuário de drogas.

No local do crime, não havia quase nenhuma movimentação. A água da chuva lavou o sangue, deixando apenas um pequeno vestígio e, na rua, a lei do silêncio foi mantida. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios (DH) de Castanhal. A polícia investiga se o assassinato tem ligação com o tráfico de drogas.

OUTRO CASO

Ainda em Castanhal, também na terça-feira (20), um vendedor de banana e ovos foi baleado durante uma tentativa de assalto praticada por dois ladrões no final do bairro Jaderlândia. Com dois tiros pelo corpo, José Alves da Silva Nunes, de 45 anos, foi primeiramente encaminhado à UPA de Castanhal, depois transferido para o Hospital de Emergência e Urgência Metropolitano, em Ananindeua. O estado de saúde da vítima era considerado grave. O baleamento do trabalhador deixou a população de Castanhal revoltada. Ninguém foi preso.


Por Tiago Silva (Dol)

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Jovem é preso por roubo de celular na Praça do Estrela

Um suspeito foi preso após roubar o celular de uma mulher na Praça do Estrela. A ação aconteceu durante a madrugada desta segunda-feira (19). O suspeito foi preso logo após o assalto, por volta da 01h da manhã.
O acusado é Antônio Moreira da Silva. Ele roubou o celular de uma mulher que estava na companhia da irmã. De acordo com o delegado Alexandre Lopes, Antônio estava as proximidades da Praça quando avistou as duas mulheres. As irmãs perceberam a atitude suspeita do rapaz e começaram a acelerar o passo. Mas o bandido fez o mesmo e, logo em seguida, abordou uma das vítimas. A outra jovem teve chance de correr.
As mulheres ficaram desesperadas e ao avistarem uma viatura da Polícia Militar pediram socorro. Com as características do suspeito, os policiais conseguiram localizá-lo, portando o celular roubado. Ele foi apresentado na delegacia e está a disposição da justiça.
Por Divania Batista (Reportagem NV1)

Homem é preso depois de fazer disparo e assustar moradores de Bacabal

Um homem foi preso na noite do último domingo (18), acusado de fazer disparo de arma de fogo na comunidade de Bacabal, zona rural de Castanhal.
De acordo com o delegado Alexandre Lopes, uma briga de vizinho teria gerado o disparo. O Grupamento Tático foi acionado e realizou a prisão de Jailson Sá da Silva. Os policiais constataram que Jailson fez o disparo usando armamentos caseiros, os conhecidos bufetes.
As armas foram apreendidas e o suspeito foi conduzido à delegacia de Castanhal para os procedimentos. O disparo foi feito na rua e causou gerando medo nos moradores. Há cinco anos Jailson chegou a ser preso por violência doméstica.
Por Divania Batista (Reportagem NV1)

Jovem é preso depois de ser encontrado com toda a mobília do vizinho

Um jovem acusado de receptação foi preso neste final de semana, na Rua L28, quadra 50, do Conjunto Rouxinol, no Jaderlândia, após ser constatado que ele estava com a mobília do vizinho. Jurandir Dias Cardoso, de 18 anos, mais conhecido por “Feio”, foi preso pela Polícia Militar.
O dono do imóvel que teve a casa arrombada e os móveis roubados estava acompanhando um parente em um tratamento médico na capital. Ao saber do ocorrido, a namorada dele decidiu olhar por cima do muro e reconheceu uma toalha que pertencia ao seu namorado.
Ela acionou a Polícia Militar e durante a vistoria, todos os móveis furtados foram localizados na casa de “Feio”. Foram recuperados: geladeira, televisão, cadeiras, freezer, caixa de som, armário, panelas, talheres e muitos outros objetos.
O delegado Alexandre Lopes disse que agora cabe à polícia civil apurar se os móveis foram apenas comprados, o que caracteriza a receptação, ou se Jurandir participou diretamente do furto.
“Ele alegou que comprou esse material. A casa estava toda organizada com os móveis do vizinho. Ele foi apresentado e foi feita a autuação por receptação, mas, as investigações ainda continuam pra saber se ele cometeu ou não o furto. Jurandir não possui passagem, pois, completou 18 anos há um mês atrás”, acrescentou o delegado Alexandre Lopes.
Por Divania Batista (Reportagem NV1)

Madrugada sangrenta em Santa Izabel: 2 vigilantes são executados a tiros

Na madrugada de ontem, por volta de 1h30min, aconteceu um duplo homicídio no município de Santa Izabel do Pará, região metropolitana de Belém. O Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado na 17ª Seccional Urbana de Polícia Civil. As vítimas foram identificadas como Hugo da Silva Reis e Walerson Pereira da Costa, ambos de idades desconhecidas.
Hugo e Walerson eram vigilantes noturno e estavam no conjunto Kató quando foram abordados por homens desconhecidos que os executaram com vários disparos de arma de fogo pelo corpo, inclusive na cabeça. Os alvos estavam caracterizados de vigilantes (roupas pretas) quando foram assassinados. A princípio o crime tem características de execução, mas ainda está sendo apurada a informação de que s vítimas estariam armadas e se as possíveis armas de fogo foram ou não roubadas pelos criminosos. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Castanhal, onde passaram por exame de necropsia e depois liberados para velório e sepultamento.
O DIÁRIO entrou em contato, mas as policiais civil e militar de Santa Izabel repassaram poucas informações sobre o crime, que será investigado pela equipe do delegado Rodrigo Leão, Diretor da 17ª Seccional Urbana. A polícia ainda tenta descobrir a quantidade exata de pessoas que praticaram o duplo homicídio e se algum tipo de veículo foi utilizado na fuga. Há relatos de moradores da área e de amigos das vítimas, que preferiram não se identificar, que indicam que os vigilantes Hugo e Walerson vinham recebendo ameaças de morte, inclusive até teriam se mudado de bairro.
O motivo das ameaças não foi revelado. Uma das vítimas seria amigo de policiais e outra já teria servido o Exército Brasileiro. Nenhuma hipótese está sendo descartada pela polícia. Até o fechamento dessa edição, nenhum suspeito de envolvimento no duplo homicídio havia sido preso ou ao menos identificado. Nos últimos quatro meses, pelo menos três vigilantes noturnos já foram assassinados em Santa Izabel do Pará.
Fonte: Tiago Silva / Diário do Pará


Três são mortos a tiros e a facadas no interior do estado

Três assassinatos e um atentado contra a vida foram registrados nos municípios de Igarapé-Açu, Tomé-Açu e Terra Alta, região do nordeste paraense. O primeiro crime aconteceu no último dia de carnaval, terça-feira (13), em Tomé-Açu, mais precisamente na “Rua da Amizade”, área do bairro da Portelinha, onde Rosivaldo Silva França, de 35 anos, foi morto a facadas durante uma confusão com o acusado, identificado como Adriano Cipriano Santos, de idade desconhecida.
O motivo da desavença teria sido porque, momentos antes do crime, o assassino teria furtado um motor de mandioca e um ventilador, objetos pertencentes ao Rosivaldo que foi tomar satisfação com o acusado e acabou golpeado nas costas. Abriga aconteceu à tarde, por volta das 16h. Rosivaldo chegou a ser socorrido e dar entrada no hospital local, mas morreu três horas depois. O assassino Adriano Cipriano Santos, até o fechamento desta edição, permanecia foragido.
Já em Igarapé-Açu, durante a madrugada de ontem, duas pessoas foram mortas a facadas e a tiros. A primeira vítima foi um adolescente de 16 anos, morto com pelo menos duas facadas no peito durante uma briga na Praça das Noções Unidas, onde acontecia um evento de carnaval. O menor foi assassinado por volta das 2h da madrugada. O esfaqueador fugiu do local sem ser identificado.
Trinta minutos depois, na mesma Praça, Darcy Borges Guerreiro Júnior, de 28 anos, foi alvejado por um disparo de arma de fogo no pescoço e outro no peito, durante uma briga generalizada. De acordo com as primeiras informações colidas no local, o criminoso estava discutindo com uma mulher quando pessoas resolveram se meter na briga do casal, momento em que o agressor saiu no carro causando risco de atropelar pessoas que estavam na praça. “O Darcy abriu a porta do carro na tentativa de conter o motorista, momento em que foi alvejado pelos disparos”, relatou uma testemunha que não quis se identificar. A polícia já identificou o assassino, mas prefere não repassar o nome para não atrapalhar nas investigações.
TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Em Terra Alta, no final da noite de terça-feira (13), um adolescente de 17 anos foi esfaqueado por um homem identificado apenas como “Alemão” ou “Peu”. O menor foi socorrido por populares e encaminhado primeiramente ao posto médico de Terra Alta, onde recebeu os atendimentos necessários e em seguida encaminhado à UPA 24 horas de Castanhal. Em estado grave de saúde, com 4 facadas pelo corpo, sendo 1 na fonte, 1 no braço esquerdo, 1 na perna direita e 1 no peito, o adolescente teve que ser transferido para o Hospital Metropolitano, em Ananindeua. Policiais militares realizaram buscas, mas não conseguiram localizar o acusado.
Fonte: Tiago Silva / Diário do Pará

Detento é assassinado a pedradas e pauladas por outros internos

Um interno foi brutalmente assassinado a pedradas e pauladas desferidas por outros internos da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel, região metropolitana de Belém. Por meio de uma nota, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou o crime ocorrido no início da tarde de ontem, por volta das 13h.
Os internos estavam encapuzados no momento em que praticaram o crime. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Castanhal. “A vítima estava de bruços e com o rosto bastante machucado, porém, pelas tatuagens do interno, suspeita-se que seja Ivan Vieira de Vasconcelos”, informou a assessoria da Susipe. Um boletim de ocorrência foi feito na 12ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Santa Izabel, para que o caso seja investigado.
A motivação do crime ainda é desconhecida. Policiais militares do Batalhão de Policiamento Penitenciário (BPOP) reforçaram a segurança na Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel, onde ficam custodiados detentos do regime semiaberto. Se identificados, os autores do bárbaro crime vão responder, no regime fechado, por homicídio qualificado.
Fonte: Tiago Silva / Diário do Pará

Fim de semana: 4 são assassinados em Castanhal e Terra Alta

Quatro pessoas foram assassinadas a tiros nos municípios de Castanhal e Terra Alta, região do nordeste paraense. Os crimes ocorreram durante o final de semana. Na sexta-feira (9), por volta das 23h, um corpo do sexo masculino foi encontrado no ramal do Cupiuba, zona rural de Castanhal. A vítima, morta por disparos de arma de fogo, estava sem identificação.
Ainda em Castanhal, mais precisamente na comunidade Jesus de Nazaré, dois irmãos foram executados a tiros. Eles foram identificados como Welington da Costa Lima, 22, e William da Costa Lima, de 20 anos. De acordo com informações repassadas por moradores da área, era por volta das 2h da madrugada de  Domingo (11),  quando homens (ainda não se sabe a quantidade exata) arrombaram a residência com chutes na porta da frente da casa dos dois irmãos e os executaram com vários disparos de arma de fogo. Ainda de acordo com as possíveis testemunhas, os assassinos fugiram do local em dois carros dos modelos, cores e placas não anotados. As motivações e autorias do duplo homicídio ainda são desconhecidas. A Polícia Civil de Castanhal não informou se Welington e William possuíam algum tipo de envolvimento com a criminalidade. Familiares também não disseram se os dois irmãos vinham recebendo ameaça de morte por algum possível inimigo. Até o fechamento dessa edição, nenhum suspeito de envolvimento no duplo homicídio havia sido preso nem identificado.
TERRA ALTA
Em Terra Alta, por volta das 2h da madrugada de sábado (10), foi registrado um homicídio. Aconteceu na rua 16 de Outubro, rua que dá acesso ao “Rio do Peixe”. A vítima foi o vigilante de rua, identificado como Mateus Matos, de idade desconhecida. Segundo informações colhidas no local do crime, três homens não identificados estavam conversando com o vigilante Mateus quando, em determinado momento, um dos três desconhecidos sacou uma arma e efetuou aproximadamente 5 disparos de arma de fogo contra Mateus, que morreu no local.
O crime teve características de execução, já que nenhum bem material foi roubado da vítima. A Polícia Militar foi acionada, realizou várias diligências, mas o atirador e seus dois comparsas não foram encontrados. A Polícia Civil de Terra Alta apura se o crime tem ligação pelo fato de a vítima ser vigilante.
Fonte: Tiago Silva / Diário do Pará

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Preso acusado de matar policial militar em Castanhal

A Polícia Civil do Pará prendeu, nesta quarta-feira (7), em Parnaíba, interior do Piauí, Raueny de Souza Araújo, de 22 anos, acusado de assassinar o policial militar José Arimatéia Tomé da Silva, crime ocorrido em 22 de dezembro do ano passado, em Castanhal, nordeste paraense.
A prisão dele foi realizada por uma equipe da Polícia Civil de Castanhal composta por policiais da Delegacia de Homicídios de Castanhal, do Núcleo de Apoio à Investigação de Castanhal (NAI) e da Superintendência Regional de Castanhal, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.
A ordem de prisão foi decretada pelo Poder Judiciário paraense após trabalho de investigação que identificou e apontou os envolvidos no crime. Segundo o delegado Temmer Khayat, titular da Superintendência, durante as investigações, a equipe policial tomou conhecimento de que Raueny Araújo havia fugido de Castanhal para a casa de familiares na cidade de Parnaíba, no estado do Piauí. Uma equipe policial viajou até o Piauí para realizar investigações, com objetivo de localizar e prender o foragido.
O delegado ressalta que a mesma equipe policial prendeu, no último dia 8 de janeiro, Willison Travassos Ferreira, de apelido Gúti, comparsa de Raueny no crime. Ele foi preso no momento em que chegava em uma residência que servia de esconderijo para o acusado no município de Marituba. Interrogado, Willison apontou Raueny como um dos autores do crime.
Raueny foi apresentado na Delegacia de Parnaíba, onde ele também era investigado por participação em outros crimes, enquanto esteve foragido. Os acusados ficarão recolhidos à disposição do Poder Judiciário.
(Com informações da Agência Pará)