quarta-feira, 4 de maio de 2016

TRIO É PRESO POR ROUBO, HOMICÍDIO E TRÁFICO DE DROGAS

Policiais civis e militares prenderam, na tarde de ontem, três homens suspeitos de envolvimento com crimes de tráfico de drogas, roubo e até homicídios cometidos no município de Nova Esperança do Piriá, nordeste paraense. As prisões ocorreram após uma tentativa de homicídio registrada na comunidade do Tatajubinha. A vítima de baleamento se identificou como Jakson da Silva Vieira, de 26 anos. Ele foi socorrido e levado ao hospital, porém precisou ser transferido para um hospital da região Metropolitana de Belém.

O baleado, de maneira ardilosa, não aceitou ser transferido para o Hospital de Urgência e Emergência Metropolitano de Ananindeua. Já no município de Capitão Poço, Jackson convenceu o motorista da ambulância a levá-lo de volta para Nova Esperança do Piriá. No entanto, em vez de voltar para sua residência, Jackson foi direto para a casa de um homem bastante conhecido por “seu nego”. “Por volta do meio dia, eu recebi uma ligação da investigadora Andreza, da Polícia Civil do município de Paragominas, informando que Jackson na verdade é um homicida e traficante conhecido popularmente
como ‘neguinho do pó’, cujo seu nome verdadeiro é Idalberto da Silva Vieira, que tem contra si um mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Paragominas”, disse o delegado Francisco Adriano Costa, titular da Delegacia de Polícia Civil de Nova Esperança do Piriá.

De posse das informações, policiais civis e militares seguiram até a casa de Evanildo Nazareno Cosme Lira ou simplesmente “seu nego”, de 33 anos. Ele teria sido flagrado em poder de um revólver calibre 38 na cintura. Dentro da residência também estavam Idalberto da Silva Vieira, o “neguinho do pó”, e Renato Santos Silva. Dentro do imóvel, os policiais afirmam terem encontrado 11 ‘pacotinhos’ de pó de cocaína e 2 garrafas pet de 2 litros, que continham um líquido de cor amarronzada, possivelmente derivado do óxi, além de uma pequena quantidade de maconha. Já na delegacia foi descoberto que Renato Santos Silva na verdade é Alysson Alves Rodrigues, de 32 anos, foragido do presídio de Paragominas, onde cumpria pena por roubo e homicídio.

“Evanildo Nazareno Cosme Lira foi autuado pela prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico e associação ao tráfico de drogas. Idalberto da Silva Vieira e Alysson Alves Rodrigues, além de tráfico e associação ao tráfico de drogas, ainda responderão por falsidade ideológica, por terem se apresentado com nomes falsos”, afirmou o delegado Francisco Adriano Costa. Os presos permanecem custodiados na carceragem da delegacia de Nova Esperança do Piriá, aguardando vaga no sistema penitenciário.

Reportagem: Tiago Silva

segunda-feira, 2 de maio de 2016

FALHA EM PENITENCIÁRIA FACILITA FUGA DE 37 DETENTOS

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) registrou, na madrugada de ontem, uma fuga em massa de 37 detentos custodiados no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPP I), localizado no Complexo Penitenciário de Santa Izabel, região metropolitana de Belém.

Faltavam 10 minutos para as 5h quando o sentinela do quartel percebeu um grupo de presos pulando a muralha e caindo em cima do telhado, que fica bem em frente ao portão de entrada do CRPP I, entre as guaritas I e II. O sentinela, que estava a cerca de 300 metros de distância, usou seu rádio HT para acionar agentes das guaritas V, VII e VIIII, que afirmam terem visto os últimos 5 presos correndo para dentro de uma área de matagal, que dá acesso a Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel (CAPASI), onde internos do regime semiaberto ficam custodiados. Disparos foram efetuados na tentativa de evitar a fuga, porém não foi o suficiente para intimidar os fugitivos.

Do lado de dentro do presídio foram apreendidos dois aparelhos celulares, um rádio HT do sistema penal, cinco “terezas” (cordas feitas de redes e lençóis) e uma escada que estava sendo utilizada para uma obra, que ocorre dentro da unidade prisional. Os internos usaram a escada para escalar a muralha. Foram apreendidas ainda quarenta e cinco munições de pistolas calibre 380 e calibre 9 milímetros. As armas de fogo não teriam sido encontradas. Através do rádio HT que, no momento da fuga foi deixado para trás, os presos ficavam sabendo de toda a movimentação de homens da Polícia Militar. Todo o material apreendido foi recolhido e entregue ao diretor do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I.

Policiais do Comando de Operações Especiais (COE), da Ronda Tática Metropolitana (ROTAM) e do Grupamento Tático Operacional (GTO) fizeram uma varredura nas redondezas da casa penal. Um helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) sobrevoou de Santa Izabel até a área do Apéu, distrito de Castanhal, na região nordeste do Estado. A Susipe informou que não houve reféns. Os nomes e as fotos dos foragidos serão divulgados assim que todos os procedimentos internos forem finalizados.

A corregedoria já está à frente da situação apurando o ocorrido. Ontem as visitas no CRPP I foram suspensas. As visitas nas demais unidades do Complexo Penitenciário de Santa Izabel ocorreram normalmente.

INSEGURO

Policiais militares e agentes prisionais, que não quiseram se identificar, procuraram o BLOG para informar que no CRPP I existem 10 guaritas, mas que somente 4 delas são ocupadas. No CRPP II tem 9 guaritas e, segundo eles, apenas 1 está ativada. Na Central de Triagem Metropolitana I (CTM I) existem 2 guaritas e só uma está funcionando. Na Central de Triagem Metropolitana IIII são 2 guaritas e nenhuma é ocupada. “O secretário de segurança pública do Estado já esteve aqui e viu a caótica situação do Polo Penitenciário de Santa Izabel, porém nenhuma providência foi tomada por ele ainda”, disseram eles.

Reportagem: Tiago Silva

MOTOQUEIROS EXECUTAM HOMEM A TIROS EM SÃO JOÃO DA PONTA

São poucas as informações repassadas pelas policias civil e militar sobre um homicídio registrado na localidade de Vila Nova, zona rural do município de São João da Ponta, na região do nordeste paraense. A vítima se chamava Samuel de Souza Saraiva e tinha 27 anos de idade. O crime aconteceu na noite de sábado (30).

O policial militar Osvaldo Jorge Lisboa disse que estava de serviço no município de São João da Ponta quando, por volta das 20h, recebeu um telefonema de uma pessoa informando sobre um homicídio que teria acontecido no centro da localidade de Vila Nova, às margens da rodovia PA-375. Osvaldo Jorge Lisboa, mais o cabo Josué e o soldado Eder, também da Polícia Militar, se deslocaram para o local informado e constataram que a informação era verdadeira. Eles encontraram vários curiosos olhando o corpo de um homem, que estava estirado no meio da rua.

Através de algumas perguntas, os policiais militares descobriram que a vítima se chamava Samuel de Souza Saraiva, mais conhecido entre os amigos por “Samuca”. Sobre as circunstancias do crime, populares disseram aos PMs que “dois desconhecidos chegaram em uma motocicleta e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra Samuel”. Durante a remoção, peritos do Instituto Médico Legal (IML) encontraram, no corpo, três perfurações provocadas por tiros, sendo um na axila direita, outro entre a clavícula direita e o pescoço e um no olho direito. Ainda durante o trabalho de remoção, peritos do IML encontraram uma pequena porção de maconha em um dos bolsos da calça da vítima.

O assassinato foi registrado no plantão do delegado Nélio Magalhães, da Polícia Civil. Um inquérito policial já foi instaurado, para que o caso seja investigado. Familiares do rapaz assassinado ficaram de serem convidados a comparecerem na delegacia para dizer se Samuel de Souza Saraiva possuía inimigos ou se ele vinha sofrendo ameaças de morte. A Polícia Civil tenta também descobrir se Samuel tinha envolvimento com algum tipo de criminalidade.

Reportagem: Tiago Silva

HOMEM É ASSASSINADO APÓS TER CASA INVADIDA EM CURUÇÁ

Antônio Jorge Amaral Ivanovitch, mais conhecido entre os amigos por “Chico”, de 24 anos, foi covardemente assassinado a tiros, no início da madrugada de sábado (30). O crime aconteceu na altura do km 50 da rodovia PA-136, zona rural do município de Curuçá, nordeste paraense.

Ao delegado Gabriel Oliveira, da Polícia Civil de Curuçá, a esposa da vítima, que não teve o nome revelado pela autoridade policial, contou que estava com seu esposo na residência do casal, localizada na rua Andrionópolis, quando, por volta de 1h, foram surpreendidos por 7 homens armados, após eles terem arrombado uma das portas do imóvel. “Eles (assassinos) trajavam camisas mangas compridas, calças jeans e bonés de cor preta. Invadiram logo perguntando ao meu marido – ‘Onde está a arma? Onde está a arma e o dinheiro?' – meu marido então respondeu a eles que não tinha dinheiro e muito menos arma alguma”, contou a viúva.

Os bandidos arrastaram o dono da casa até o quintal, onde começaram a espancá-lo com socos e chutes. Não conformado, um dos agressores desferiu uma paulada na cabeça da vítima. Mesmo bastante debilitado e perdendo grande quantidade de sangue, Antônio Jorge Amaral Ivanovitch conseguiu se desvencilhar e correr. Antônio Jorge tentou se esconder em uma área de matagal, mas foi caçado e morto com vários tiros de revólver calibre 38. A esposa da vítima disse ainda que, após o crime, os assassinos fugiram correndo por uma estrada que dá acesso a localidade de Lauro Sodré.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O delegado Gabriel Oliveira informou que instaurou inquérito, para que o caso seja investigado. Até o fechamento dessa edição nenhum suspeitos havia sido preso ou ao menos identificado.

Reportagem: Tiago Silva

MORTO COM VÁRIAS TERÇADADAS EM NOVA ESPERANÇA DO PIRIÁ

O delegado Francisco Adriano Costa, da Polícia Civil de Nova Esperança do Piriá, nordeste do Estado, abriu um inquérito policial para investigar um homicídio ocorrido naquele município, por volta das 21h da última quinta-feira (28). A vítima foi identificada como Adeilson Freitas Nascimento, de 20 anos, morto com várias terçadadas, no bairro Franklândia, mais precisamente na rua do Arame.

A rua onde o crime foi cometido não possui iluminação pública e fica em uma área de invasão. “Estivemos no local, ouvimos possíveis testemunhas oculares e, através dos relatos, descobrimos que o Adeilson teria roubado um aparelho celular. Ainda de acordo com os relatos, ele teria sido perseguido por 2 pessoas em uma moto, alcançado e brutalmente assassinado com vários golpes de terçado, principalmente nas costas e na cabeça”, disse o delegado Francisco Adriano Costa. Uma das terçadadas foi tão violenta que decepou a orelha direita do rapaz. Em seguida a dupla fugiu na motocicleta. Homens das policias civil e militar fizeram incursões, montaram barreiras nas possíveis rotas de fuga, mas infelizmente os assassinos não foram localizados.

A mãe biológica de Adeilson, identificada como Noême Nascimento Rodrigues, foi quem comunicou o homicídio na delegacia de polícia de Nova Esperança do Piriá. Ela disse, em depoimento, que quando namorava engravidou, mas que não tinha condições financeiras para criar o filho. Então ela deu o bebê para o avô materno criar. “Sai da casa do meu pai e fui morar com meu esposo, na colônia São Francisco. Há poucos anos fiquei sabendo que meu filho estava se envolvendo com más companhias e praticando coisas erradas”, relatou. Noême Nascimento Rodrigues não informou o local do velório e nem do sepultamento.

O delegado responsável pelo caso informou ao BLOG que sua equipe está empenhada no caso, tentando descobrir nomes e os endereços dos autores do bárbaro crime, para colocá-los na cadeia.

Reportagem: Tiago Silva

SEIS PESSOAS SÃO PRESAS DURANTE OPERAÇÃO "FORNALHA"

Seis pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas, roubos de cargas e homicídios foram presas durante uma operação realizada, na manhã de sexta-feira (29), pela Policia Civil do município de São Miguel do Guamá, região nordeste paraense. Também participaram da operação “Fornalha” policiais civis da Delegacia de Repressão ao crime Organizado (DRCO) e do Núcleo de Apoio a Investigação (NAI).

De acordo com o delegado Ronaldo Lopes de Oliveira, titular da delegacia de polícia de São Miguel do Guamá, os presos seriam os responsáveis pela distribuição de drogas em praticamente toda São Miguel. “Durante toda a investigação constatamos que há homicídio praticado por eles em razão da divida do tráfico de drogas, vingança ou disputa por pontos de vendas de entorpecentes”, disse o Ronaldo Lopes. Os presos foram identificados como Fernando
Azevedo dos Santos, 23, Francisco Fernando Freire, 45, Fábio Tomé Lopes, 35, Josimar Travassos Meireles, 38, Francisco Junior Guedes da Silva, 39, e Rosiele do Carmo Soares, de 23 anos. Rosilene é esposa de Josimar Travassos.

Segundo o delegado que investiga os casos, Fernando Azevedo e outros dois homens estão envolvidos em assaltos a cargas praticados na região nordeste do Estado. “Eles praticavam assaltos a cargas em toda a extensão da rodovia BR-010 até no município de Mãe do Rio”, afirma Ronaldo Lopes. Na casa de um dos investigados foi encontrada uma pistola calibre 380 com 9 munições intactas no carregador. As prisões foram em cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela justiça.

Os presos e a arma de fogo apreendida foram apresentados na delegacia local, para serem ouvidos. Os homens foram encaminhados para o Centro de Recuperação de Castanhal (CRCAST) e a mulher transferida para o Centro de Recuperação Feminino (CRF) de Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

Reportagem: Tiago Silva

MÃE E FILHAS SÃO PRESAS ACUSADAS DE TRAFICAR DROGAS

Tatiane Sodré Lima, de 36 anos, e as filhas dela, Tainara Lima Costa, 19, e Taiane Lima Costa, de 21 anos, foram presas, no início da tarde de sexta-feira (29), sob a acusação de traficar drogas no município de Vigia de Nazaré, região nordeste do Estado. A prisão aconteceu depois que policiais militares receberam uma denúncia anônima informando que uma casa, localizada na rua W E, no bairro da Castanheira, funcionava como ponto de preparo e venda de entorpecentes.

Os sargentos Sérgio e Mendonça se dirigiram até o endereço informado na denúncia e, com a permissão da dona da casa, realizaram uma revista minuciosa. “Dentro do imóvel encontramos 150 ‘pacotinhos’ de pasta base de cocaína, mais 47 embrulhos de maconha do tipo limãozinho, além de 8 pequenas porções de pó de cocaína”, afirmou o sargento Sérgio. Ainda na residência foram apreendidos 3 aparelhos celulares, 1 anel de metal amarelo, 2 cordões de metal amarelo e um relógio de pulso, todos os objetos de origem duvidosa. A quantia de R$ 119,50 que, segundo a polícia, seria fruto da venda de entorpecentes, também foi recolhido para averiguação.

Tainara Lima Costa, Taiane Lima Costa e a mãe delas, Tatiane Sodré Lima estavam dentro da residência no momento da batida policial. Elas receberam voz de prisão e foram apresentadas na Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) de Vigia de Nazaré, onde foram ouvidas pelo delegado Alexandre Lopes. Mãe e filhas ficaram de ser autuadas por crime de tráfico e associação ao tráfico de entorpecentes. Elas seriam transferidas ainda ontem para o Centro de Recuperação Feminino (CRF) de Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

“Durante a apresentação na UIPP, a Tainara confessou ser esposa de um traficante conhecido por “Pirico”, que está preso no Complexo Penitenciário de Santa Izabel do Pará”, disse o sargento Mendonça. Também participaram da missão os cabos Wyverson e Evaldo, com o apoio do soldado Lins.

Reportagem: Tiago Silva